sábado, 27 de abril de 2013

The Book of Truth "Livro da Verdade",e falsas profecias? Desmentindo Maria da Divina Misericórdia?



O boato da profecia sobre Bento XVI e Francisco

Desmentindo o "Livro da Verdade", de Maria da Divina Misericórdia


Está circulando na internet uma suposta profecia de Jesus Cristo que afirma: "O reino da casa de Pedro (do Papa Francisco) está por terminar e em breve meu querido Papa Bento XVI guiará os filhos de Deus ao seu lugar de exílio. Pedro, meu apóstolo, o fundador da Igreja na terra, a guiará nos difíceis últimos dias, enquanto minha Igreja combaterá pela sua própria vida".
 
Tal profecia é uma das muitas atribuídas a uma mulher irlandesa que se faz chamar de "Maria da Divina Misericórdia" (Maria Divine Mercy). Na Itália, seu "Livro da Verdade" já foi traduzido e circula em diversos ambientes.
 
Segundo seu site, é "católica e romana, esposa e mãe de uma jovem família que vive na Europa". Ela teria começado, para sua surpresa, a receber mensagens divinas em 9 de novembro de 2010 e deseja ser conhecida como "Maria da Divina Misericórdia", afirmando que é desejo de Jesus que permaneça no anonimato para proteger sua família e evitar qualquer distração com relação às mensagens.
 
Em uma entrevista disponível no YouTube, ela diz ser uma mulher de negócios e fala com o que parece ser um sotaque irlandês. Sua página no Facebook tem mais de 17 mil seguidores.
 
"Maria da Divina Misericórdia" se apresenta como o sétimo anjo ou sétimo mensageiro mencionado no Apocalipse e afirma que, em dezembro de 2012, começou o período da Grande Tribulação, que terminará em maio de 2016.
 
Neste período, supostamente se revelará o Anticristo, precedido pelo Falso Profeta, seu aliado. O Anticristo e o Falso Profeta serão derrotados e acontecerá a segunda vinda de Jesus Cristo e o milênio, o reino futuro do Senhor, que coincidirá não com o fim do mundo, mas com o início de um período que durará milhares de anos, no qual Satanás não poderá tentar os bons.
 
O conteúdo das mensagens da suposta mensageira revelam uma clássica forma de milenarismo, corrente que pretende conhecer os detalhes sobre como e quando será o fim dos tempos. O Catecismo da Igreja Católica condena esta corrente como uma falsificação do reino futuro, recordando que os bons fiéis sabem que não podem conhecer "nem o dia, nem a hora", nem como isso ocorrerá.
 
Abundam os motivos para não acreditar nas afirmações da suposta vidente, começando pelo fato do seu anonimato, elemento que não condiz com a tendência dos verdadeiros videntes, dispostos a enfrentar críticas e perseguições por causa das suas visões.
 
Depois de todos os profetas e videntes da história, que falaram com pessoas que conheciam sua identidade, que enfrentaram as consequências de levar a mensagem de Deus, agora Deus quer que "o profeta do final dos tempos" fale com total segurança e anonimato, na comodidade da sua sala de estar, usando uma conexão à internet para manter sua privacidade?
 
O aspecto positivo é o fato de ela ter falado de datas, porque assim dá às suas profecias uma vida breve e a possibilidade de verificar sua absoluta falsidade em um reduzido lapso de tempo.

Copiado de:

Nenhum comentário: