quinta-feira, 30 de junho de 2011

Fim do Mundo em 2012? E Daí? Vou aproveitar a Vida.

Fim do Mundo em 21 de Dezembro de 2012 – E Daí?
Por Vinicius Horta em http://www.osabetudo.com
Vejo pela web tanto em blog, site e redes sociais um certo desconforto (para não dizer histeria rsrs) com relação ao Fim do Mundo em 21 de Dezembro de 2012, e sinceramente, não estou nem um pouco preocupado com isso, e vou mostrar os meus motivos para não estar preocupado com isso, quem saber não lhe servem também!

O primeiro grande motivo é simplesmente por não haver nada que eu possa fazer para mudar nada caso isso tenha algum fundo de verdade, ou seja, se algum planeta decidir bater na Terra e nos arremessar universo afora o que posso fazer? NADA!

Se porventura o eixo magnético do planeta decidir se inclinar drasticamente e formos varridos da face do planeta por tsunamis, o que posso fazer para mudar isso? NADA!

Se ocorrer uma guerra mundial nuclear e formos todos dizimados pela radiação, o que posso fazer para evitar isso? NADA mais uma vez rsrsr

Se ocorrer qualquer outro fenômeno climático estranho que venha a afetar todo o planeta posso fazer algo? NÃO!

Então se não podemos fazer nada, o que devemos fazer?
Ora, isso é muito simples, cuidar do único tempo que realmente nos pertence, do hoje, do agora, simplesmente viver nossas vidas sem dar a menor atenção a este tipo de histeria, pois de nada adianta, se algum fator catastrófico estiver para ocorrer, ele irá ocorrer, você se preocupando com ele ou não.

A diferença está apenas em sua qualidade de vida e tranqüilidade até que isto ocorra (se é que vai ocorrer).

Afinal, a humanidade já passou por tantas datas “Fim do Mundo”, onde as únicas perdas foram de pessoas que se suicidaram acreditando realmente que seria o fim do mundo, que me leva a crer que em 21 de Dezembro de 2012 veremos mais um Fim do Mundo, e comentaremos sobre o evento no dia 22 rsrsr

"Será mesmo que a profecia do 2012 está mostrando sua face diante de tantas tragédias anunciadas pelos meios de comunicação?

São enchentes, desmoronamentos, assassinatos, corrupções…Caos…

Será mesmo que os Maias acertaram nas previsões ou será que estamos apenas sofrendo o reflexo dos maus tratos que temos oferecidos ao planeta!?

Não só os Maias acreditam na catástrofe, como Delfos, Sybil e o oráculo romano também alimentam o fenômeno.
Muitos afirmam que o assunto serviu apenas para que houvesse a promoção do filme 2012.

Enfim,o mundo acabando em 2012 ou não, já temos a consciência de que a nossa vida pode acabar a qualquer momento.Seja por um simples tropeção ou por uma tragédia maior. Não dá pra prever.Você estaria preparado?

Tem a certeza de que aproveitou a vida ao máximo e não deixou nada para trás?

Mais importante do que imaginar o fim do mundo em 2012 é ter certeza de que você está aproveitando sua vida."

Escrito por Blenda Thaís Silva
Leia no oSabeTudo.com: 2012 - O QUE ESTA POR VIR?

Na minha opinião a melhor maneira de aproveitar a vida é servir a Jesus.
Estamos ao mesmo tempo celebrando a vida em liberdade, e estamos preparados para um possível apocalipse

terça-feira, 28 de junho de 2011

"Profeta do tempo" Piers Corbyn prêve terremotos devastadores entre 27 e 2 de Julho.


http://www.weatheraction.com onde faz previsões de tempo com até um ano de antecedência.
Piers Corbyn é um meteorologista , astrofísico , consultor e proprietário e do site
Suas previsões são baseadas no que é chamado de "A Técnica Tempo Solar." A técnica "combina a análise estatística de mais de um século de padrões climáticos históricos, com pistas derivados a partir de observações solares." Ele considera os padrões climáticos e solar do passado e a conectividade magnética entre o Sol e a Terra, que os meteorologistas convencionais afirma ter impacto mínimo sobre a Terra.
Corbyn também é um cético do aquecimento global , e um dissidente em relatórios sobre as tempestades na Europa em 2000, que deu base para o documentário A Grande Fraude do Aquecimento Global . Corbyn afirmou que a antropogênicas contribuição para o aquecimento global é mínima com qualquer aumento de temperatura devido ao aumento da atividade solar.
Em 2008 Corbyn foi ainda mais longe do que ser cético, e tomou uma posição absolutista, certos ao afirmar:
"CO 2 nunca dirigiu, não dirige e nunca irá conduzir tempo ou clima. O aquecimento global já passou e ele não tem nada a ver com CO 2 . CO 2 continua a aumentar mas o mundo agora está resfriando e continuará a fazê-lo" .
Com base nos seus estudos, ele afirma que entre outras coisas como a Lua, a atividade solar e que os eventos recentes de terremotos e erupções vulcânicas confirmam o aumento dessas atividades.
“As grandes tempestades também estão associadas a eventos de prótons solares. Tivemos eventos de ejeção de prótons solares significativos em 28 de janeiro, pouco antes das tempestades de inverno do hemisfério norte que espancaram os EUA e os mega ciclones tropicais que atingiram Queensland”.
De acordo com dados apresentados pelo Solar Watcher para os dias 17-20 de Fevereiro, lugares como o sudoeste da Califórnia, Índia, Nova Zelândia e Japão poderiam estar em risco de ser atingidos por um grande evento.
Eventos tectônicos, diz Solar Watcher, acontecem devido à intensa atividade solar, caracterizada por explosões de classe X, erupções que ocorrem em ambos os hemisférios norte e sul do sol. Segundo o vídeo, a atividade solar aumentou e muito desta atividade foi orientada mais diretamente para o planeta Terra (na parte norte do Sol, entre 24 e 26 graus de latitude norte), tornando seus efeitos mais significativos. “Uma vez que as manchas solares mudem sua orientação atual em direção à Terra, estaremos recebendo mais ventos solares”, disse o autor, quem advertiu que a região mais provável sobre o planeta Terra para experimentar um forte terremoto seria Japão. Isto foi exatamente o que aconteceu no Japão.
O terremoto de 9,1 graus -atualizado de 8.1- que atingiu o Japão levantou o continente em dois metros e meio e mudou o eixo do planeta em 10 polegadas ou cerca de 25 centímetros.
Após vários anos sem explosões da classe X,
No dia 14 de junho Corbyn apareceu na TV Al Jazeera e avisou que da próxima segunda-feira (27), até o sábado, 2 de julho, terremotos de magnitude devastadora e ainda o mau tempo, juntos, em várias regiões do planeta, deixarão a maioria assombrada.
Ravena
o sol experimentou duas poderosas explosões em um mês, em 15 de Fevereiro e outro em 9 de março. A atividade atual é parte do princípio do “ciclo regular de 11 anos do sol e confirma que o ciclo solar 24 está começando. NASA e Earthquake Watch esperam que atividade solar adicional ocorra progressivamente à medida que o Sol segue seu caminho para a chamada Máxima Solar, que cientistas como Piers Corbyn acham que chegara por volta de 2013.

Ravena

Fonte: http://www.yahoo.com.br/

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Italianos vieram para Xul México, para se proteger contra o fim do mundo em 2012?

Foto: The New York Times

México: Chegada de italianos reavive histórias sobre apocalipse maia
Motivo pelo qual recém-chegados vieram à aldeia de Xul alimenta especulação e lendas adormecidas na região da Península de Yucatán

Na linguagem maia, o nome da minúscula aldeia de Xul, no México, significa "o fim". Muito tempo atrás, ela era apenas o fim de um estrada. Aqueles que contam contos grandiosos, no entanto, dizem que estrangeiros se instalaram nela há quatro anos à espera do fim do mundo.
Em uma estrada de terra rodeada por campos de cerrado e charcos, os recém-chegados têm construído a sua própria colônia de casas de paredes espessas no final de uma unidade de terra a alguns quilômetros da aldeia.
Apenas isso se sabe ao certo: os pioneiros são italianos e criam gado, produzem queijo e cuidam de árvores frutíferas em um rancho de 101 hectares. Uma placa de concreto na beira da estrada anuncia em letras brancas o nome de seu reduto: Las Aguilas (As Águias, em tradução livre). Uma estátua de um metro e meio de altura de uma águia de ouro repousa sobre a placa.
O motivo pelo qual os recém-chegados vieram para Xul e aquilo no que acreditam têm alimentado uma especulação apocalítica nesta antes adormecida na região da Península de Yucatán.
"Sabemos de todas as fofocas daqui, mas sobre isso nada sabemos", disse o reverendo Yvan Gonzalez, um padre católico romano que celebra uma missa semanal nas noites de quarta-feira em uma igreja de pedra antiga, onde um telhado de zinco há muito tempo substituiu a cobertura de palha maia.
"É um grupo secreto", disse Gonzalez com uma risada. "As pessoas dizem que estão aqui porque o mundo vai acabar. Eles têm um monte de dinheiro para gastar para esperar pelo fim do mundo".
Esse lugar, afinal, está a poucos quilômetros de onde o mundo quase acabou da última vez, quando o asteróide de Chicxulub caiu a cerca de 65 milhões de anos atrás, um desastre que os cientistas teorizam ter sido a causa da extinção em massa dos dinossauros.
Xul também fica no que foi a mãe terra dos antigos maias, que alguns profetas dizem ter previsto uma data para o fim do mundo: o solstício de inverno de 2012. Os estudiosos, no entanto, afirmam que os maias não acreditavam em nada do tipo. A data é a última em seu chamado calendário de longa contagem, o fim de um ciclo histórico de cerca de 5.125 anos. Um novo ciclo começa no dia seguinte.
Efrain Camara, balançando em uma rede no escritório da cooperativa agrícola de Xul, parecia confuso a respeito das supostas previsões de seus antepassados. "Segundo os cientistas, o mundo maia vai acabar", ele deu de ombros, com seu espanhol hesitante com as consoantes aspiradas da língua nativa maia. "Nós não sabemos. Só Deus sabe o que vai acontecer nos últimos dias?.
Rosalia Pacab, 78 anos, debruçada sobre seu bordado, não levou os cálculos astronômicos de seus antepassados com autoridade sobre o provável fim dos dias. "Bem, não é isso que diz a Bíblia?", disse.
Italianos
No início, os italianos permaneceram discretos. Eles contrataram moradores locais para limpar a terra, plantar árvores de laranja e começar a construção. Os maias, que tentam convencer o milho a brotar da camada de calcário que cobre a região ou migram para a Califórnia para ganhar a vida, receberam com alegria os novos trabalhos. "A coisa boa é que eles dão empregos para os meninos porque não há trabalho aqui", disse Adi Beltran, mãe de quatro filhos.
Então, no ano passado, um jornal em Mérida, capital do Estado de Yucatán, decidiu que tinha uma notícia bombástica. Artigos de primeira página declararam que os italianos vieram para Xul para se proteger contra o fim do mundo em 2012. Os repórteres entrevistaram trabalhadores que afirmaram que suas casas são ligadas por túneis subterrâneos. Houve até mesmo uma entrevista com um dos arquitetos mexicanos que disse que as imponentes paredes de suas casas são destinadas a aguentar inundações e outros desastres naturais.
A resposta oficial foi elétrica. Soldados marcharam pelo caminho de cascalho em busca de qualquer evidência de uso de drogas, oficiais da imigração verificaram papéis, funcionários do bem-estar social avaliaram as instalações. Jornais contrataram helicópteros para sobrevoar o local enquanto fotógrafos registravam tudo à distância.
Angel Ruiz, o secretário municipal do condado de Oxkutzcab, a cerca de 30 minutos ao norte de Xul, disse que as paredes tinham cerca de 2m50 de espessura e foram ?forradas com pneus".
"Os italianos são membros de uma seita que recruta aposentados ricos", ele disse enquanto abria o projeto de construção do assentamento. Um amigo carpinteiro lhe disse que casas são fortificadas, com suas portas construídas em três camadas: aço, uma grade de metal e madeira. "Eles têm cisternas, com milhares e milhares de litros de água", disse Ruiz. "Supostamente vieram aqui para viver e se proteger de qualquer coisa que possa acontecer?.
Depois da atenção que receberam no ano passado, os italianos fecharam as portas e colocaram placas que indicam que ali é uma "propriedade privada", declarando a área uma reserva ecológica. Mas eles conversaram com alguns de seus vizinhos. Ao lado de Las Aguilas fica a Reserva Biocultural Helen Moyers, que é gerido por um grupo sem fins lucrativos chamada Kaxil Kiuic e parcialmente financiada pela Universidade de Millsaps, de Jackson, Mississippi. Cientistas mexicanos na reserva estão estudando a floresta tropical seca da região, enquanto arqueólogos estão escavando Kiuic, um sítio maia.
"Eles são pessoas pacíficas e que trabalham duro", disse o diretor da reserva, James Callaghan, acrescentando que os italianos haviam procurado aconselhamento sobre conservação e agricultura biológica. "Nossa interação foi muito amigável e aberta?.
Callaghan não acredita nas histórias. "Esse tipo de jornalismo marrom precisa de coisas para mantê-lo vivo", disse ele, refletindo que os italianos podem ter, inadvertidamente, despertado o nacionalismo Yucatán. "Yucatán gosta de ser um mundo à parte por sua história e separação?.
A maioria dos trabalhadores da propriedade dos italianos ficou relutante em falar ao chegar para o trabalho de manhã cedo. Mas alguns deles, quando estimulados, repetiam os detalhes sensacionalistas.
"Eu vi um dos túneis", disse Jaime Xol, disse ele, que está construindo bebedouros para o gado da fazenda. "Você não cabe em pé", disse, acrescentando que eles ficam no mínimo a cerca de 10 metros de profundidade.
"Não é verdade", se irritou um dos italianos. Ele se recusou a falar enquanto deixava a propriedade em seu carro. Mas depois, quando suas suspeitas foram acalmadas, ele respondeu perguntas em espanhol fluente ao deixar uma loja em Xul. Os moradores construíram paredes espessas em suas casas para mantê-los frescos, como armações maias tradicionais, disse ele. Para cavar poços, eles precisaram trazer maquinaria pesada ao local. "Como poderiam construir túneis sem que ninguém visse", ele perguntou? O grupo veio para Xul não porque significa "o fim", mas porque a terra é barata, disse.
Ele deu mais detalhes, exceto por seu nome. "Pode me chamar de Juan Sinmiedo", ele disse. A comunidade é um retiro, ele contou, composto principalmente por aposentados. Quebrar as regras da comunidade significa expulsão.
Uma psicóloga mexicana chamada Carolina oferece orientação espiritual ao grupo. Juan disse não acreditar que o mundo irá acabar em 2012. "Mas os cientistas esperam algum tipo de mudança no campo magnético da Terra no próximo ano", acrescentou.
Mas mesmo se alguma coisa acontecer, ele disse talvez não totalmente em tom de brincadeira, as chances de que Yucatán seja poupada são muito boas. "Nós já tivemos um cataclisma aqui. Um asteróide", disse ele.
*Por Elisabeth Malkin
The New York Times
Fontes: www.tosabendo.comwww.noticiasrss.com.br

Os Sinais da volta de Jesus


Você está preparado para a vota de Jesus?

domingo, 26 de junho de 2011

A Droga está matando nossa sociedade?

3 anos atrás, Sem Top Fez uma pergunta no yahhoo respostas:
A Droga está matando nossa sociedade?
Leia as respostas dos internautas

SEM TOP
"Cidades do interior....gente que era isenta de vicios, hoje está à mercê da droga.
Não se vive mais tranquilo e nem se dorme com janelas abertas...
bandidos perderam todo o medo das polícias e da lei...
alias, estes nem existem para eles...estão ganhando os salarios quase sem trabalhar.
Pais não sabem que seus filhos de 12, 15 anos estão no grau 2 da droga.
Os colégios viraram pontos de distribuição, e os profesores estao acuados.
As baladas e os carnavais fora de época, bem como forrós, boates e shows ao vivo, todas são feitas para o consumo das drogas, se nao tiver, ninguém vai.
Onde vamos parar?
Nossa juventude está destruída..
e a prostituição infantil está aí, garotas de 8,9,10,11,12 e 13 anos, estão se vendendo no sexo, oral e vaginal, para comprar drogas.
Isto é uma vergonha.....

Janv, respondendo a sua contra resposta, posso lhe afirmar que em uma cidade do interior do meu estado, garotas de classe média, estão fazendo sexo oral em troca de uma papelote, ou uma pedra. Detalhe: Tem menos de 18 Anos.
São bonitas e interessantes.
isto prova que os aliciadores são mais fortes...
Se eu quisesse transar com uma menininha tenra, bastaria oferecer 2 pedras de Crack.
A coisa tá feia irmão, muitos estão dormindo..."



Kiki
Melhor resposta - Escolhida por votação
"Matando não. Mas deixando fraca e inconsequente."

Benedito de Jesus A
Infelizmente, você tem razão, mas o povo brasileiro, parece que está alienado, em vez de lutar para mudar este quadro, prefere fingir que está tudo bem, e priorizando programas, tipo BBB, enquanto seus filhos se destrói, pelas esquinas da vida."


Ivan
"com certeza cara,perdi um tio um primo e cinco amigos pras dorgas e vários outros estao doentes com cancer,tumor,devidi ao uso de bebidas e cigarro que sao drogas legais consumidas por crianças e adolescentes...de 8 a 80anos.os donos das empresas de cigarros vao investir milhoes com cores chamtivas nos maços...de cigarro a fim de atingir mais jovens e mulheres destruindo sua saude e matando milhares..tudo por causa de dinheiro lucro ´s só isso que importa pra eles lucro e muito dinheiro...o governo lucra as empresas lucram e os consumidores morrem de doenças mas o que importa pras empresas de bebidea e cigarro o brasil é um pais de panacas desinformados.
a sociedade está doente e carente de valores a familia atacada e destruida,sem valores sem moral e sem freios a sociedade se destruirá e ainda querem calar as pessoas que falam contra tais coisas...."

janv
"O quadro que descreveu não está correto, pois menos de 10% dos jovens usam drogas ilícitas e sobe mais quando das lícitas. Muitos dos que usam não se tornam viciados com dependência total. Lógico está que se dá mais ênfase (principalmente a imprensa), em festas nas quais as drogas rolam soltas, porque dá mais audiência, vende mais jornais. Quanto à prostituição infantil, está mais relacionada com a miséria e falta de perspectiva, onde as próprias famílias incentivam as jovens. Poderia se responsabilizar os pais, mas se fossem para a cadeia, pior seria para os filhos. O certo seria uma educação de base e renda suficiente para frear tanto a prostituição quanto o trabalho infantil, como se está fazendo atualmente. Um abraço."


Kelli q nada
"Alguns Países promovem guerra para acabar com o contingente da população,o nosso faz de conta que não enxerga as drogas,por isso esta esse quadro vergonhoso,não admitem controle de natalidade porem deixam uns matando os outros por causa das drogas."
1 pessoa avaliou como boa

dondoqui...
"sim
vc tem razão"
Fonte: www.Yahoo.com.br

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Alerta da ONU! "Crise social no mundo é ameça real"

Crise social no mundo é ameça real, alerta a ONU
23/6/2011 12:30, Por Redação, com agências internacionais - de Genebra
www.correiodobrasil.com
O mundo enfrenta uma “crise social global” emergente provocada pelo desemprego generalizado, o elevado preço dos alimentos e combustíveis e outros efeitos da crise econômica de 2008-2009, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) em relatório divulgado essa semana em Genebra, sede da entidade.
No documento, a ONU adverte que as políticas de austeridade adotadas em vários países, principalmente na Espanha e na Grécia, ameaçam o emprego e põem em risco a recuperação das economias, agravando a crise social.
O secretário-geral adjunto da ONU para o desenvolvimento econômico, Jomo Kwame Sundaram, disse que os governos mundiais não estão conseguindo ajudar as 200 milhões de pessoas desempregadas em 2010 e que têm dificuldade em obter alimentos, por causa dos preços altos.
Segundo Sundaram, a acentuada alta dos preços dos alimentos e dos combustíveis que precedeu a crise financeira mundial fez aumentar o número de pessoas com fome no mundo para mais de 1 bilhão em 2009. E a situação pode ser
agravada pelas políticas de austeridade, alerta o relatório do Conselho Econômico e Social da ONU, aconselhando prudência aos governos.
“As medidas de austeridade tomadas por alguns países excessivamente endividados, como a Grécia ou a Espanha, ameaçam o emprego no setor público e a despesa social como tornam a retomada mais incerta e mais frágil”, diz o documento.
“Os governos devem reagir com prudência às pressões para a consolidação orçamental e para a adoção de políticas de austeridade se não querem correr o risco de interromper a recuperação da sua economia”, acrescenta.
O relatório frisa que esse problema não diz respeito apenas às economias mais desenvolvidas, uma vez que “muitos países em desenvolvimento, nomeadamente os que se beneficiam de programas do FMI [Fundo Monetário Internacional], também sofrem pressões para reduzir a despesa pública e adotar medidas de austeridade”.
No relatório, a ONU recomenda que os governos revejam “a natureza e os objetivos de base das condições” impostas pelas organizações internacionais para dar ajuda aos países em dificuldade.
“É essencial que os governos tenham em conta as prováveis consequências sociais das suas políticas econômicas” em áreas como a nutrição, a saúde e a educação, para não penalizar o crescimento econômico a longo prazo, de acordo com o documento.

2012 não é o Fim do Mundo, mais um tempo de mudança. Veja trailer do documentário.

Documentário dirigido por brasileiro sobre 2012 chega aos cinemas.
Nesta sexta-feira (24) é dia de estréia nos cinemas e uma das produções a entrar em cartaz no Brasil é o documentário 2012 - Tempo de Mudança. O filme é americano, mas o diretor é brasileiro, João G. Amorim fez carreira nos Estados Unidos trabalhando principalmente com efeitos visuais.
Sobre o filme - As profecias maias a respeito de um apocalipse global em 2012 são o ponto de partida para o livro de Daniel Pinchbeck, 2012: The Return of Quetzalcoatl, que propõe um novo paradigma que integre a sabedoria arcaica das sociedades tribais com o método científico. Para ele, o homem pode redesenhar a sociedade pós-industrial a partir de princípios ecológicos. Nesta cultura planetária regenerativa, a colaboração substituiria a competição e a exploração da psiquê e do espírito, o materialismo estéril das atuais sociedades.



Elaboradas animações embalam o debate conduzido por cientistas, antropólogos e artistas engajados. O filme traz depoimentos de especialistas e vivências de celebridades: como os cantores Sting (do The Police) e Gilberto Gil, o cientista Buckminster Fuller e a atriz Ellen Paige; e trata sobre assuntos como experiências de meditação, a importância da construção sustentável, o movimento de contracultura e, principalmente, alternativas ecológicas para o dia a dia.

Extraído de:
http://www.paraiba.com.br/2011/06/22/72889-documentario-dirigido-por-brasileiro-sobre-2012-chega-aos-cinemas-brasileiros-veja-trailer

Na minha opinião o que exite no mais íntimo de cada ser humano é o desejo de voltar tudo, recomeçar, pois pararece que no mundo está tudo errado. É o desejo de um mundo de harmonia e perfeita ordem, com jsutiça social e sem poluição. Não queremos que o mundo acabe mais queremos mudaças, talves seja o desejo de voltar ao paraíso perdido com Adão. Mais creio que as mudanças que tornarão o mundo novamente em um paraíso só serão possível no Reino Milenar de Cristo,com uma intervenção direta de Deus, e não com uma iniciativa humana.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Lindsey Williams, Falso profeta? Ou alguem que está alertando sobre o fim do mundo em 2012?

Lindsey Williams, que foi pastor batista por vários anos e que segundo noticias, tem contato com pessoas da Elite Global que lhe passam informações, entre elas: - tem vários vídeos postado no You Tube. Onde se ve va´rias paletras dezendo que: O barril de petróleo cairá dos 147 dólares para os 15 (gradualmente); - O dólar vai desvalorizar cada vez mais até morrer nas proximidades de 2012; - Só o ouro e a prata irão ser confiáveis; - Os americanos tornaram-se muito pobres "tão pobres que não se poderão rebelar"; - A guerra com o médio oriente está planejada para 2012 e vai se espalhar pelo mundo; - Num período de 2 anos a maioria dos trabalhadores americanos vão trabalhar para o governo (governo a apossar-se das empresas); - Dentro de 2 anos todos os bancos trabalharão para a reserva federal; - As armas irão ser tiradas dos cidadãos até 2012; - Dentro de dois anos: O Messias Demoníaco? Igrejas e muitos pastores estão sendo corrompidos. O Anti-Cristo que vem dentro de 2 anos?
Fonte:Internet

Vida Marinha em fase de extinção.

Por Natasha Romanzoti
em : http://hypescience.com/
Segundo especialistas, os oceanos estão em pior estado do que se suspeitava. Em um novo relatório, eles alertam que a vida nos oceanos está em alto risco de entrar numa fase de extinção de espécies marinhas sem precedentes.
Questões como a sobrepesca, a poluição e a mudança climática são as culpadas pela situação. Os impactos já estão afetando a humanidade.
As mudanças “aceleradas” pelo homem incluem derretimento de gelo na Groelândia e na Antártida, aumento do nível do mar e liberação de metano no leito do mar. A taxa de “destruição” é muito superior a que os especialistas previam mesmo dois anos atrás.
Desde pesca em zonas temperadas, recifes de coral ou gelo do mar Ártico, tudo está passando por mudanças a um ritmo muito mais rápido do que o esperado. Mas mais preocupante do que isso são as maneiras pelas quais as diferentes questões agem sinergicamente para aumentar as ameaças à vida marinha.
Alguns poluentes, por exemplo, grudam nas superfícies de pequenas partículas de plástico que flutuam pelos oceanos. Isso aumenta a quantidade desses poluentes serem consumidos por peixes que são a base da alimentação de algumas populações.
Partículas de plástico também auxiliam o transporte de algas, aumentando a ocorrência de proliferação de algas tóxicas (também causada pelo fluxo de poluição proveniente de terras agrícolas).
Em um sentido mais amplo, a acidificação dos oceanos, o aquecimento da poluição e a pesca predatória estão agindo em conjunto para aumentar a ameaça aos recifes de coral, tanto que três quartos dos recifes do mundo já estão em grave risco de declínio.
A vida na Terra já passou por cinco “eventos de extinção em massa” causados por situações como impactos de asteroides. O impacto combinado da humanidade, segundo os especialistas, pode causar um sexto evento desse tipo.
Embora seja cedo para dizer definitivamente, as tendências são de tal ordem que é provável que aconteça – e muito mais rápido do que qualquer um dos cinco anteriores.
O relatório também observa que os eventos de extinção em massa anteriores foram associados com tendências que são observadas agora: distúrbios do ciclo do carbono, acidificação e hipoxia (diminuição de oxigênio) na água do mar.
Por exemplo, os níveis de CO2 absorvidos pelos oceanos já são muito maiores do que durante a grande extinção de espécies marinhas 55 milhões de anos atrás (durante o Paleoceno-Eoceno Máximo Termal).
As recomendações imediatas dos especialistas incluem o impedimento da pesca de exploração, com ênfase especial em alto-mar, onde atualmente há pouca regulação; o mapeamento e, em seguida, a redução de entrada de poluentes, incluindo plásticos, fertilizantes agrícolas e dejetos humanos e reduções drásticas nas emissões de gases de efeito estufa.
Os níveis de dióxido de carbono estão tão altos que formas de tirar o gás da atmosfera precisam ser pesquisadas urgentemente. Os especialistas estimam que as emissões de CO2 precisam alcançar zero dentro de cerca de 20 anos.
Segundo eles, está claro o que vai acontecer; basta saber se faremos algo para mudar.[BBC]

terça-feira, 21 de junho de 2011

Crise na Europa! Marcha dos Indignados! O mundo cada dia pior!

20/6/2011 9:01, Por Redação, com agências internacionais - de Madri
 
A Espanha, em convulsão por causa da política de arrocho fiscal promovida pelo governo, em meio à mais séria crise do capitalismo na Europa, vivencia uma nova Marcha dos Indignados já a partir desta segunda-feira. Os manifestantes sairam nesta manhã de Valência para percorrer 500 km em 34 dias e finalizar em 23 de julho em Madri, anunciou o movimento no dia seguinte às manifestações que reuniram pelo menos 200 mil pessoas em toda a Espanha.
A marcha de 34 dias é o início de outras mobilizações dos chamados "indignados". Está previsto que mais grupos partam de outras cidades, como Barcelona, em 25 de junho, e Cádiz, dia 23, para seguir para Madri, onde será realizada um novo megaprotesto em 24 de julho. O grupo que partiu de Valência (leste) tem a intenção de passar por 29 cidades e povoados. Milhares de manifestantes protestaram no domingo nas ruas de Madri e em quase uma centena de cidades espanholas, na primeira grande manifestação do Movimento 15-M desde seu surgimento há um mês.
A praça Netuno, no centro da capital espanhola, perto da Câmara de Deputados, foi o ponto de encontro de seis marchas multitudinárias que partiram de vários pontos da cidade até reunir entre 35.000 e 40.000 pessoas, segundo a polícia, enquanto em Barcelona até 50.000 manifestantes caminharam no centro da cidade, segundo números da polícia regional catalã.
As seis "colunas" se encontraram na praça Netuno, reunindo pessoas de todas as idades, de crianças em carrinhos de bebê a idosos, em frente a barreiras colocadas por um cordão de policiais para impedir que os manifestantes pudessem chegar até as portas da Câmara. O pacto de estabilidade da zona do euro e o rigor orçamentário que ela impõe, os políticos acusados de corrupção e de ignorar os cidadãos, e o desemprego que afeta 21,29% da população e cerca da metade dos menores de 25 anos foram os grandes motes do protesto.
O movimento 15-M, que acabou ficando conhecido como o dos "indignados", nascido espontaneamente no dia 15 de maio e que tem reunido milhões de jovens espanhóis exasperados pelas consequências da crise econômica, organizou várias mobilizações no último mês, especialmente acampamentos de protesto em várias cidades.
Domingo de protestoMilhares de manifestantes tomaram as ruas de Madri e de outras cidades espanholas, neste domingo, em uma série de manifestações contra o desemprego e as medidas de austeridade pretendidas pelo governo da Espanha e de outros países europeus. As manifestações, convocadas por jovens ativistas que se autointitulam "os indignados", vêm crescendo desde um protesto há três semanas, durante o qual acamparam no centro da capital espanhola.
Os "indignados" prometeram manter a pressão sobre o governo, usando o slogan A Europa para seus cidadãos. Eles também rejeitam a proposta conhecida como Europacto, que pretende aumentar a competitividade entre os países da União Europeia (UE). Críticos do Europacto veem a iniciativa como um sinal de cortes de gastos públicos ainda mais severos.
Outro slogan usado pelos manifestantes de Madri é "Não à violência", depois que um protesto realizado na semana passada em Barcelona terminou em confrontos com a polícia. Os "indignados" se concentraram na Praça Netuno, no centro de Madri, próxima ao prédio do Parlamento. Dezenas de outros protestos foram marcados para esta segunda-feira, em outras cidades espanholas, como Sevilha e Valência. O desemprego entre a população jovem espanhola chega a 43%. A crise econômica no país deixou mais de 1 milhão de famílias em que todos os integrantes estão desempregados.
Extraído de:
http://correiodobrasil.com.br/espanhois-vao-as-ruas-contra-medidas-de-austeridade-2/256777/

Marcha dos Indignados toma a Espanha e ameaça se alastrar pela Europa

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Não é só na Russia ou no Japão que acontece catástrofe Nuclear, em Nebraska EUA também.



Ele cita uma agência russa de regulação, dizendo que os EUA estão tendo atualmente uma emergência grave nuclear na fábrica inundada em Nebraska e que a Administração Obama está a tentar encobri-lo.
O relatório descreve a situação russa Nebraska como um dos piores acidentes nucleares da história dos Estados Unidos.
Tenha em mente que este relatório vem da Rússia e Paquistão – dois países que não são particularmente felizes com Obama agora.
Mas a FAA tem promulgou uma zona de exclusão aérea sobre a planta Fort Calhoun nuke , que foi danificado por um incêndio e inundações do rio Missouri.
Aqui está o relatório da The Nation :
Um relatório chocante preparado pela Agência de energia da Rússia Federal Atômica (FAAE) em informações fornecidas a eles pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) afirma que o regime Obama ordenou um blecaute de notícias “total e completa” relativos a quaisquer informações sobre a catastrófica perto colapso da Usina Nuclear Fort Calhoun localizado no Nebraska.
Segundo este relatório, a Fort Calhoun Usina Nuclear sofreu uma “perda catastrófica de refrigeração” para uma de suas piscinas ocioso vara combustível em 7 de junho, depois de esta planta foi inundado com água causada pelas inundações histórica do rio Missouri, que resultou em um fogo causando a Agência Federal de Aviação (FAA) para emitir uma “proibição de exclusão aérea” sobre a área.
Localizado a cerca de 20 minutos fora do centro de Omaha, a maior cidade do Nebraska, o Planta Fort Calhoun Nuclear é de propriedade de Omaha Public Power District (GPDP), que em seu site nega sua planta está em um “nível 4″ de emergência, afirmando: “Esta terminologia não é preciso, e não é como as emergências em usinas nucleares são classificadas “.
Russo cientistas atômicos neste relatório FAAE, no entanto, dizer que esta declaração OPPD é um “mentira deslavada”, como todas as usinas nucleares no mundo operam sob as diretrizes da International Nuclear Event Scale e Radiológica (INES), que afirma claramente a “eventos” ocorrendo na Usina Nuclear Fort Calhoun fazer, de fato, colocá-lo no “nível 4″ categoria de emergência de um “acidente com conseqüências local”, tornando este um dos piores acidentes nucleares da história dos EUA.
Embora este relatório confirma leituras independentes nos Estados Unidos de “liberação de gases de efeito insignificante nuclear” relacionadas com este acidente, adverte que a censura por regimes Obama deste evento para “fins políticos” corre o risco de um “blowback grave” do público americano deve eles ganham o conhecimento deste ser escondido deles.
http://www.youtube.com/watch?v=mSvvmrB7qEg&feature=player_embedded
FONTE: http://www.businessinsider.com/nebraska-nuclear-meltdown-2011-6#ixzz1Pqzdhxsy
http://nation.com.pk/pakistan-news-newspaper-daily-english-online/International/18-Jun-2011/US-orders-news-blackout-over-crippled-Nebraska-Nuclear-Plant-report
http://www.businessinsider.com/faa-closes-airspace-over-flooded-nebraska-nuclear-power-plant-2011-6
 http://fimdostempos.net/eua-emergencia-catastrofica-nuclear-encobrimento.html

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O Fim do Mundo está só na mente das pessoas?

Pesquisa revela que o fim do mundo está gravado na mente humana
14.06.2011 - Por que as profecias do fim do mundo fazem tanto sucesso?
Ano após ano, profecias de algum tipo ganham atenção do público, de calendários antigos e êxtases religiosos até o colapso ambiental do planeta.
E todos esses pregadores parecem seguir um roteiro comum: uma etapa de destruição e devastação, seguida por um renascimento, quando "finalmente as pessoas entenderão...", seguindo-se aqui a mensagem de cada um.
Arquétipo
O arquétipo dessas profecias é o mito do dilúvio, do qual o mundo renasce depois de ser lavado de algum tipo de pecado.
A mais recente encarnação desse mito de destruição e redenção foi apresentada ao mundo pelo pastor evangélico e radialista Harold Camping, nos Estados Unidos.
Originalmente previsto para ocorrer em 21 de Maio, o fim do mundo foi adiado para outubro tão logo raiou o 22 de Maio.
Mas, a partir de Novembro, os entusiastas do apocalipse não ficarão despreocupados: eles poderão ficar esperando uma pretensa previsão do calendário Maia, marcada para Dezembro de 2012 - um fato curioso é que esta parece ser a primeira previsão em que os "previsores" acabaram antes do mundo.
Fim do mundo cientificista
É fácil zombar dos fundamentalistas religiosos, mas tais cenários apocalípticos não são exclusividade da religião.
Fins-do-mundo seculares podem ser encontrados no fim do capitalismo de Karl Marx ou no fim da história de Francis Fukuyama.
Bem acompanhados pelos apocalipses cientificistas trazidos pelo aquecimento global, eras glaciais, tempestades solares, planetas errantes, colisões cósmicas, supervulcões, superpopulação, poluição, inverno nuclear, vírus geneticamente modificados, nanorrobôs fugidos de laboratórios de nanotecnologia... pode-se escolher a versão mais a gosto de cada um.
O famoso físico Stephen Hawking, advertiu a humanidade que o contato com extra-terrestres poderá resultar em nossa escravidão ou extinção - outro tipo de apocalipse.
É claro que ninguém se importa mais com a última profecia que falhou - alguém ainda se lembra do Bug do Milênio? O que interessa é acreditar que "a coisa, desta vez, vai mesmo para o brejo".
Dado que, por definição, só pode haver um apocalipse, a maioria continuará falhando.
Psicologia do apocalipse
Mas por que, então, continuamos a sentir tanta atração por essa narrativa básica? Qual é a psicologia por trás das profecias apocalípticas, tanto religiosas quanto seculares?
Segundo os pesquisadores, a resposta está nos processos emocionais e cognitivos do nosso cérebro.
Emocionalmente, o fim do mundo representa uma renovação, uma transição para um novo começo e uma vida melhor pela frente.
Nas narrativas religiosas, Deus castiga os pecadores e ressuscita os virtuosos. Para os secularistas, os pecados da humanidade são expiados por meio de uma mudança no nosso sistema político, econômico ou ideológico.
Prognósticos de calamidades ambientais são normalmente seguidos de censuras e recomendações sobre como podemos "salvar o planeta".
Os marxistas projetam comunismo como o clímax de um processo libertador de vários estágios que exige o colapso do capitalismo.
Os defensores da democracia liberal proclamaram o fim da história quando a Guerra Fria foi vencida por esta democracia liberal.
Padrão cerebral
Cognitivamente, existem vários processos em andamento, começando com o fato de que nossos cérebros adoram buscar padrões.
Considere este experimento imaginário:
Você é um hominídeo nas planícies da África, alguns mil anos atrás. Você ouve um barulho na grama. É apenas o vento ou é um predador perigoso?
Se você assumir que é um predador, mas for apenas o vento, você fez o que é chamado de erro tipo I na ciência cognitiva, também conhecido como falso positivo, ou acreditar que algo é real quando não é.
Você conectou A, o farfalhar da grama, a B, um predador perigoso, mas não sofreu nenhum dano com esse erro.
Por outro lado, se você assumir que o barulho na relva é apenas o vento, mas verificar que era na verdade um predador perigoso, você fez um erro do tipo II na cognição, também conhecido como falso negativo, ou acreditar que algo não é real quando é.
Você falhou em conectar A a B, e virou almoço do predador.
Até que se prove o contrário
O problema é que avaliar a diferença entre um erro tipo I e um erro tipo II é altamente problemático na fração de segundo que muitas vezes determinava a diferença entre a vida e a morte em nossos ambientes primordiais.
Isso fez com que adotássemos como default - uma posição padrão - assumir que todos os padrões são reais. Em outras palavras, assumir que todos os ruídos na grama são feitos por predadores.
Assim, houve uma seleção natural para o processo cognitivo de assumir que todos os padrões são reais.
Tempo e causalidade
Imaginar apocalipses é uma forma de procurar padrões baseados em nossa percepção cognitiva da passagem do tempo.
Nós conectamos causalmente A a B a C a D porque eles estão conectados em ordem cronológica.
Ainda que ocasionalmente eles formem padrões falsos, no mundo natural eles estão ligados com uma frequência suficiente para que, em nosso cérebro, tempo e causalidade mostrem-se inseparáveis.
Sentido para o mundo
As visões apocalípticas também nos ajudam a dar sentido a um mundo muitas vezes aparentemente sem sentido.
Diante da confusão e do nosso próprio aniquilamento, precisamos buscar sentido e segurança.
Nós queremos sentir que, não importa quão caótico, opressivo ou mal o mundo está, tudo sairá bem no final.
O apocalipse, com o sentido de fim da história, torna-se aceitável quando acompanhado da crença de que haverá um novo começo.

Fonte: New Scientist e Profecias Católicas e o Fim dos Tempos
http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/10486/Pesquisa-revela-que-o-fim-do-mundo-esta-gravado-na-mente-humana

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Proliferação de novas seitas apocalípticas na França por causa do "Fim do mundo em 2012.

Em Paris
As profecias sobre o fim do mundo, previsto por gurus apocalípticos para o dia 21 de dezembro de 2012 de acordo com o calendário maia, têm aumentado o surgimento de seitas na França, segundo um relatório oficial apresentado nesta quarta-feira que recomenda maior vigilância sobre elas.

Diante desse fenômeno, os poderes públicos devem "aumentar a vigilância" contra "atos extremos" que podem ser cometidos pelos cidadãos conduzidos por esses discursos milenaristas, adverte o relatório anual da Missão Interministerial de Luta contra as Seitas (Miviludes), entregue nesta quarta-feira ao Governo.

O estudo assinala que a data de 21 de dezembro do ano que vem, quando termina o calendário maia, representa a 183ª já anunciada como dia do fim do mundo desde a queda do Império Romano.

No entanto, a proliferação das novas tecnologias promoveu a profecia de 2012 "uma ressonância amplificada", enquanto a crise econômica mundial e as catástrofes naturais dão aos cidadãos "uma razão extra para crer no fim do mundo".

O relatório aponta que, no ano passado, foram registrados 2,5 milhões de sites referentes ao fim do mundo em dezembro de 2012.

As seitas que se baseiam em previsões apocalípticas são "mais alienantes e mais manipuladoras que as outras" e suas estruturas são "mais histéricas e fanáticas", acrescenta o estudo.

Na França, é muito lembrado o suicídio coletivo de 16 membros da seita da Ordem do Templo Solar na colina de Isère, perto da fronteira franco-suíça, que se atearam fogo em 1995. O relatório também alerta contra os "dramas individuais" de muitas pessoas que decidem "romper com sua vida" para chegar a provocar a própria morte.

A Miviludes mantém atenção especial sobre a localidade de Bugarach, uma pequena comuna do sudeste da França situada junto a um penhasco considerado por diversas profecias que circulam pela internet como o único lugar que se salvará do apocalipse de dezembro de 2012.

O povoado, de menos de 200 habitantes, viveu nos últimos meses uma explosão da demanda imobiliária. Além disso, proliferam os pedidos de reservas de quartos para essa data na localidade, disse em entrevista ao jornal "Le Figaro" o prefeito da comuna, Jean-Pierre Delord.

"Ligam para pedir um quarto e reservas de alimento para dezembro de 2012", afirmou o político. Segundo ele, a localidade tornou-se nos últimos meses um destino de peregrinação para diversos grupos esotéricos.

Bugarach, com altitude aproximada de 1.230 metros, também foi assinalada na internet como uma garagem de ovnis e como a porta para uma civilização desaparecida.
Fontes: http://noticias.bol.uol.com.br/brasil/2011/06/15/fim-do-mundo-em-2012-faz-proliferar-seitas-apocalipticas-na-franca.jhtm
http://www.sidneyrezende.com/noticia/134466+aumenta+numero+de+seitas+apocalipticas+sobre+fim+do+mundo+na+franca
Alguns cometarios:
CarcassO que vai acontecer no dia 21 de dezembro de 2012 é um fenômeno solar, o alinhamento dos planetas, e isso pode causar alguns problemas, como interrupção da comunicação via celulares, internet, televisão, assim como pode haver alguns desastres cataclísmicos. Todo mundo deu risada daquele estudioso que há 30 anos atrás previu um terremoto na Itália, que acabou acontecendo na Espanha, o cara só errou o lugar, mas ele se baseou apenas em estudos, houve alinhamento de planetas neste período, e o que aconteceu foi alguns terremotos e ate um vulcão que entrou em erupção. Se dois ou três planetas causam isso, imaginem o que pode acontecer em 2012, que todos os planetas vão se alinhar, pode acontecer algo preocupante, porém não será o fim, é apenas um novo começo. E ao invés de debocharem da crença dos outros, aprendam a respeitar uns aos outros, podemos discordar do próximo, mas respeito é a base de tudo. Pesquisem na internet sobre o assunto. Abraços

SueiQuanta baboseira. Acha que Deus iria acabar com sua obra prima? Não, isso Ele não faria. O mundo até pode dar uma sacudida, mas isso é para ajeitar a carga Heheheh
Magda2011
NEBLINA ......vc ta preocupado .com o CURINTIA GANHAR A LIBERTADORES ? .o meu caso é muito mais grave !!! o meu casamento esta marcado para 2012 .......por fovor ...choooooooooooooo .fim do mundo !!

ILVARCoisa de fanático mesmo!!! Eu quero viver + 300 anos e ninguem me tira daqui!!!

EDYBAHIAO que seria dos espertos se nao fossem os tontos? Vou fazer outra profecia para os que acreditam nessas coisas. Dinheiro nao traz felicidade, portanto mandem o de vcs pra mim e vao ser felizes, pelo menos até 2012. Depois assistam a virada do ano, e pensem o quanto foram idiotas em acreditar nessas coisas. Oh gente de pouca fé. Deus é grande mas a imbecilidade desse povo nao fica atrás.

MariiiiPereiraO fim do mundo já "começou" faz tempo! Com tanta briga entre países, guerra, violência, desmatamento, extinção, fome.... isso sim que é o fim do mundo. A humanidade esta cada vez mais preocupado em satisfazer caprichos e se esquecem dessas coisas, o meio ambiante esta sofrendo as mais duras consequencias e nada foi feito praticamente. Esse papo de fim do mundo em 2012 é bobagem, pura mentira! Essas pessoas são desocupadas da vida que não tem mais o que fazer ou são loucas! E ainda tem repórter que disperdiça espaço na mídia para publicar isso..

KfouriO mundo existe a bilhões de ano, e resolve acabar bem na minha geração. Tá louco...

Neblina


O LEIGO
Bom, então a minha geração e dos meus filhos, netos, bisneto e tataranetos e assim por diante esta salvo, porque esse time campeão....

Vera Salto/SP
A Bibia diz que ninguem sabe o dia do fim, somente DEUS

Tribuno Caio
Aviso que esto comprando casas e terrenos na França, como o mundo vai acabar mesmo acho que o preço deve estar bem baratinho...
Esse Mundão pode acabar em 2010 não, so pode acabar depois que o CURINTIA ganhar uma LIBERTADORES, 2099.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Espíritas estão se "preparando" para o "fim do mundo" em 2012


2012 - Será o fim dos tempos?
É algo comum na humanidade terrestre referir-se à destruição do planeta. Diversas culturas falam sobre esta questão, Egípcios, Celtas, tribos do norte da África, entre outras, alguns acham que é o inconsciente coletivo, outros já acreditam na veracidade das informações, pois são povos de diferentes culturas e tempos com a mesma mensagem de alerta. A teoria Maia é que vem sendo discutida com a aproximação de 2012.
Os Maias tinham estudos avançados sobre astronomia, que só hoje com sondas espaciais o homem moderno está comprovando. Segundo o calendário Maia haverá o final de um ciclo e não a destruição do Planeta. O calendário aponta a data do início deste novo ciclo do planeta Terra como sendo o dia 24 de dezembro de 2011.
Para eles a Terra viverá a partir daí um novo paradigma, uma nova estrutura social, um novo modo de pensar e agir, globalmente. Na Doutrina Espírita alguns livros abordam o tema, dentre eles destacamos :
•Transição Planetária – Manoel Philomeno de Miranda/Divaldo P.Franco
•Nossa Morada Cósmica – Kharram/João Berbel
O médium Chico Xavier também falou sobre a transição planetária em que a Terra está passando e recentemente o jornal Folha Espírita publicou matéria a respeito:
"Emmanuel afirmara que os espíritos abnegados e esclarecidos falavam de uma nova reunião da comunidade das potências angélicas do Sistema Solar, da qual é Jesus um dos membros divinos, e que a sociedade celeste se reuniria pela terceira vez na atmosfera terrestre, desde que o Cristo recebeu a sagrada missão de redimir a nossa humanidade, para, enfim, decidir novamente sobre os destinos do nosso mundo.
Pois então, Emmanuel escreveu isso nos idos de 1938 e estou informado que essa reunião de fato já ocorreu. Ela se deu quando o homem finalmente ingressou na comunidade planetária, deixando o solo do mundo terrestre para pisar pela primeira vez o solo lunar. O homem, por seu próprio esforço, conquistou o direito e a possibilidade de viajar até a Lua, fato que se materializou em 20 de julho de 1969.
Naquela ocasião, o Governador Espiritual da Terra, que é Nosso Senhor Jesus Cristo, ouvindo o apelo de outros seres angelicais de nosso Sistema Solar, convocara uma reunião destinada a deliberar sobre o futuro de nosso planeta.
Nosso Senhor deliberou conceder uma moratória de 50 anos à sociedade terrena, a iniciar-se em 20 de julho de 1969, e, portanto, a findar-se em julho de 2019. Ordenou Jesus, então, que seus emissários celestes se empenhassem mais diretamente na manutenção da paz entre os povos e as nações terrestres, com a finalidade de colaborar para que nós ingressássemos mais rapidamente na comunidade planetária do Sistema Solar, como um mundo mais regenerado, ao final desse período..." (Trecho extraído do jornal Folha Espírita, nº 439 - ANO XXXV - maio/2011) http://www.vinhadeluz.com.br/site/noticia.php?id=760
Os tempos são chegados e o movimento espírita tem papel importante nesta fase da transição planetária. É fundamental buscar informações em estudos e pesquisas sérias e responsáveis, afim de ampliar os conhecimentos.
Fonte:http://www.radioboanova.com.br/novo/noticia.php?NOTCODIGO=474&TAGDESCRICAO

terça-feira, 14 de junho de 2011

Esotéricos se "preparam" para fim do mundo em 2012

Grupo diz que em 22 de dezembro do próximo ano milhões de pessoas serão dizimadas
Por Nany Fadil
22 de dezembro de 2012. Marque bem essa data. Para os seguidores da Sama, será o dia da grande transformação da Terra.

Os mais de cem seguidores da ONG Simplicidade e Auxílio em Manifestação Amorosa, de Rio Preto, já se preparam para as grandes mudanças que, na visão deles, vão atingir todos que estiverem sobre a “nave mãe”.

É o dia do solstício de verão (no hemisfério sul). E segundo a terapeuta holística Carmen Lúcia de Oliveira, todos os planetas da constelação solar vão estar alinhados à Terra.

“Teremos uma explosão de energia que poderá ocasionar terremotos, maremotos, tsunames, abalos sísmicos. Ou, talvez, nesse dia os fenômenos naturais não ocorram, mas haverá desequilíbrio mental e psicológico de quem não estiver preparado”, diz.

De qualquer forma, sendo ou não no dia 22, a data marca o início de grandes catástrofes na Terra, que vão dizimar povos, contaminar alimentos, enlouquecer os mais frágeis, propagar pestes e “eliminar” todos que não estejam mais em sintonia com a melhoria do planeta, defendem os integrantes da Sama.

“Esse processo já vem acontecendo, só vai culminar no dia 22. É o marco da mudança.”

Carmen deixa claro que para esse grupo não se trata do fim do mundo e sim de uma transição para uma existência melhor.

PreparaçãoMeditações, reiki, mantras e o bolinho tsampa são algumas das formas para os que creem nessa transformação se prepararem para as mudanças.

Como se acredita que vão acontecer grandes catástrofes, uma das formas de garantir que não se morra de fome é o bolinho tsampa. Ele garantiria aos sobreviventes a não-contaminados pelos alimentos.
O professor de ioga Daniel Gaviolli, 48, aprendeu como fazer esse alimento há pouco mais de um ano, no espaço Trigueirinho, no sul de Minas, próximo a Varginha, onde vivem esotéricos que se prepararam para a grande mudança.

Passou a ensinar as pessoas a prepará-lo. “Não pode ser vendido e nem industrializado”.

Cada tsampa tem custo de cerca de R$ 0,40.

No dia 23, um grupo vai se reunir no prédio Sama para ensinar outras pessoas a preparar o alimento. Interessados em participar: (17) 3014-4143.

Instituto de Antropologia do México faz nova leitura sobre inscrição maia

A famosa previsão maia, defendida por estudiosos, de que o mundo vai acabar em 2012, baseada na interpretação de uma pedra que transcreve o antigo calendário indígena, foi desmentida, na última semana, pelo subdiretor do Instituto Nacional de Antropologia e História do México, José Luiz Romero.

O calendário estampado na pedra está incompleto e, segundo Romero, no pouco que se pode ler, a inscrição 22 de dezembro de 2012, que deu margem a tanta especulação, se refere à vinda de um senhor dos céus, Bactum 13º, como o início de uma nova era e não como o fim do mundo.

Extraído de : Agência BOM DIA

Alguns Comentários:

1 opinião 13/06/2011 0:14
Anderson Pereira Arantes - 35 - Bancário
Houve um erro de grafiia, a data correta para o alinhmento é 21 de dezembro de 2012. e não 22 de dezembro.

Carmen Lucia de Oliveira - 49 - Terapeuta Holística
Bom Dia!!! A Transisão evolutiva é "fato", e pertence a todos os reinos de nosso orbe, vide processo de "Seleção Natural" de Darwin... Somente os indiferentes à D'US não percebem que nossa raça Humana está passando por um processo de transição para "melhor"... para que nosso veículo carnal esteja mais apto a vida, a saúde e a vivenciar nossa Espiritualidade... Nossa grupo se iniciou pela assitência aos necessitados... e a 4 anos resolvemos dar um perfil a este grupo de voluntários dedicados ao trabalho altruista... em visitas aos acamados em seus lares ou hospitais... Acreditamos na Vida... na Saúde... porque cremos em D'US... Fique em D'US e tranquilos somos da PAZ... estamos com nossa consciência tranquila porque somos Conscientes da IMPORTANCIA de TODOS nesse processo do Existir e Estar no aqui e agora buscando realizar o melhor que podemos apesar de nossas imperfeições e limitações... Mas como em D'US tudo está sempre, absolutamente certo... Deixo aqui meu verdadeiro sentimento de "GRATIDÃO" ... "OngSAMA"

Alessandro Modena Fernandes - 33 - Dentista
Ong-SAMA quem somos? Somos "ESPIRITUALISTAS e REIKIANOS", na busca da eterna luz aprendendo ter consciência , discernimento e equilíbrio em contornos celestiais preenchidos pela paz de um novo brio energético focando a ÉTICA MORAL CRISTÃ.. já mais ESOTÉRICOS...Onde 80% são pessoas espíritas e os outros 20% católicos, evangélicos, freqüentadores da rosa cruz e seicho-no-ie... Gratidão ong-SAMA...

Ricardo Gomes - 31 - Advogado
Bom dia a todos! Humildemente gostaria de fazer um pequeno adendo pertinente a temática em questão para ressaltar que nós do SAMA - Simplicidade no Auxílio em Manifestação Amorosa, não desejamos de modo algum qualquer fato que venha trazer destruição ou mortes. Contudo essa realidade pode ser facilmente constatada pois já está ocorrendo em várias partes do planeta, como por exemplo a ativação de vulcões antes adormecidos, o crescente aquecimento global, a desenfreada poluição industrial, etc... A data 21/12/2012 é apenas o dia do ápice energético das transformações pelas quais atravessa nosso orbe, em virtude do alinhamento planetário que está previsto, porém isso não significa que tudo ocorrerá exatamente neste dia, pois as transformações já estão ocorrendo e ainda continuarão por algum tempo mesmo após essa data. O que pretendemos é alertar as pessoas para uma necessária e urgente REAVALIAÇÃO na escala de VALORES, pois muitas vezes nos esquecemos de cuidar de nossas almas, dos nossos pensamentos e sentimentos, da nossa ética e moral, pois vivemos numa sociedade materialista e competitiva, onde não há espaço para o desenvolvimento e progresso COLETIVO...

Mike - 32 - engenheiro
Tem gente que entra aqui e comenta que esse tipo de história não leva a lugar algum. Jesus quando encarnou entre os homens já falou muito sobre a necessidade de mudança de consciência do homem. Entrar em consonância com as leis de Deus amando a Deus, todas as coisas e ao próximo. Se o seu mundo está tão atribulado é porque os homens esqueceram completamente da mensagem. Fazer a vontade de Jesus protegerá ao máximo aqueles que viverem aqueles dias. Por isso que tanto se fala que os homens estão construindo poderosas construções em cima da areia. Os homens se entregam a matéria e esquecem do espírito. Mas a matéria não valerá nada.

Antonio - 44 - Desenhista
Nenhuma novidade. Agoureiros e adivinhadores existem desde a noite dos tempos profetizando datas para o final dos tempos, e todos invariavelmente falharam e falharão. O último foi Harold Camping que espalho outdoors nos EUA afirmando que o mundo acabaria em 21 de maio passado, como não poderia deixar de ser era mais um falso profeta, pois "daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai" (Evangelho segundo S. Mateus, 24:36).

marisa s - 48 - func publica
Não seria melhor trabalhar pela Paz , Saúde e bem estar das pessoas? Já estamos numa época muito atribulada e ficar fomentando este tipo de estória não nos leva a lugar algum ! Tenhamos bom senso e que cada dia seja um desafio para se viver melhor !!!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Deslizamento de terra na China! Muitas mortes, milhares desaparecidos

Enchentes causam deslizamentos de terra e matam centenas na China
12/6/2011 9:10, Por Redação, com agências internacionais - de Pequim
09/08/2010 - 15h32
Enchentes na China matam 337; 1.100 estão desaparecidos
Centenas de pessoas morreram e mais de 1.100 estão desaparecidas por causa dos deslizamentos de terra causados pelas fortes chuvas que atingem várias partes da Ásia. Na China, o número de mortos saltou para 337 na noite desta segunda-feira, após os deslizamentos na província de Gansu, noroeste do país. Um rio obstruído por escombros se transformou num lado que destruiu vilas inteiras nas montanhas no condado de Zhouqu.

O governo disse que 1.148 pessoas estavam desaparecidas na noite desta segunda-feira. Cerca de 45 mil foram retiradas. Não se sabe quantas pessoas desaparecidas estão em perigo ou se simplesmente não é possível entrar em contato com elas. Funcionários se apressam em restabelecer a comunicação na região, onde um terço dos moradores são tibetanos étnicos.

Mais chuvas são esperadas na região nos próximos três dias, informou a Administração Meteorológica da China.
Soldados buscam por sobreviventes em áreas atingidas pelas chuvas, na China
(http://fxkh.mwr.gov.cn).

Terremotos todos os dias!? Hoje foi a vez de um grande terremoto em Nova Zelândia, que causou pânico nas pessoas.

Terremotos deixam feridos e causam pânico na
Tremor em Christchurch teve magnitude medida entre 5,2 e 5,5 graus na escala Richter
13 de junho de 2011 | 1h 21
SYDNEY - A cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, foi atingida nesta segunda-feira, 13, por uma série de terremotos, que deixaram várias pessoas feridas e semeou pânico entre a população local, já traumatizada pelo grande tremor de fevereiro.

As autoridades de Christchurch determinaram a evacuação de vários imóveis após o primeiro terremoto causar o desmoronamento de uma igreja. O tremor teve magnitude medida entre 5,2 e 5,5 graus na escala Richter.

Cerca de uma hora depois, Christchurch foi atingida novamente por um tremor de 6 graus, com epicentro localizado a 9 quilômetros de profundidade e 14 quilômetros ao norte da cidade, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

A polícia indicou à televisão neozelandesa que duas pessoas foram resgatadas debaixo dos escombros da igreja de Saint Johns, situada no centro da cidade, e que, por enquanto, recebeu informações sobre cerca de 30 imóveis danificados, a maior parte deles com paredes rachadas.

Segundo a imprensa local, pelo menos seis pessoas tiveram de ser levadas a hospitais após sofrerem ferimentos.

De acordo com os primeiros dados divulgados pelas autoridades municipais, cerca de 10 mil imóveis ficaram sem eletricidade por uma falha provocada pelos tremores.
Após a tragédia, as escolas paralisaram as aulas e mantiveram os alunos à espera de que os pais fossem buscá-los.
Conforme o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que vigia a atividade sísmica mundial, o epicentro do primeiro terremoto se localizou a 11 quilômetros de profundidade e a 10 quilômetros ao leste de Christchurch, segunda cidade mais populosa do país.

Em fevereiro passado, 181 pessoas morreram devido ao terremoto de magnitude 6,3 em Christchurch.

A Nova Zelândia se localiza na falha geológica entre as placas tectônicas do Pacífico e Oceania e registra cerca de 14 mil terremotos por ano, dos quais entre 100 e 150 têm força suficiente para serem percebidos.

Fonte:http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/06/terremotos-deixam-feridos-e-causam-panico-na-nova-zelandia.html
http://portuguese.cri.cn/561/2011/06/13/1s136591.htm
http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5hcqmSHVAQSo8aWu7w9F5w--BUJcQ?docId=CNG.01285116fc2fa158e389b74378ea18f9.141&index=0

Extrído de:http://www.estadao.com.br

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Fome e pobreza se alastram nos EUA

Desemprego e pobreza se alastram nos EUA
9/6/2011 8:25, Por Redação, com agências internacionais - de Nova York
As consequências da crise capitalista seguem contundentes nos Estados Unidos. De acordo com os dados divulgados pelo Departamento do Trabalho, cerca de 14 milhões de norte-americanos encontravam-se desempregados no final da semana passada, cifra que eleva para 9,1% o total de trabalhadores naquela
situação no país.
A pressionar o segundo maior índice de desemprego registado no ano de 2011 está a fraca criação de postos de trabalho por parte do setor privado, apenas cerca de 54 mil durante o mês de maio, dizem as estatísticas oficiais.
A situação não deve melhorar durante o corrente ano, já que grandes empresas, como a Boeing, por exemplo, continuam a anunciar demissões coletivas. Só a construtora de aeronaves prevê rescindir o vínculo com mais de 500 trabalhadores, apresentando como justificativa o fim do trabalho para o programa espacial.
No setor público, por outro lado, já foram despedidos, desde 2008, aproximadamente 446 mil funcionários públicos, sobretudo na Educação, total ao qual acrescem outros 28 mil trabalhadores estatais e municipais despedidos durante o mês de maio.
Fome em Nova York
Para além do desemprego, a pobreza extrema é outro dos flagelos mais sentidos pelo povo norte-americano no quadro da crise sistêmica. Só em Nova York existem 1,4 milhões famintos, revela a Coligação Contra a Fome daquela cidade. Segundo a organização, entre estas, cerca de 40% são crianças.
A corroborar os dados da ONG, o gabinete de estatísticas local alertou que o índice de pobreza entre os nova-iorquinos cresceu 14,2 e 15,8% em 2008 e 2009, respectivamente. Números destes não se registavam desde 1992.
As vítimas da fome são cidadãos que têm perdido seus empregos ou imigrantes indocumentados que não encontram trabalho. Em condados como Queens ou em outros da grande cidade, há áreas onde se concentram os chamados trabalhadores por dia em espera de contratos para fazer qualquer tipo de trabalho. A Coalizão já tinha advertido que em 2009 um em cada oito lares na Grande Maçã foi qualificado pelo Governo Federal como “carenciado de alimento”, ou seja, que não têm dinheiro para comprar comida.
Por sua parte, o Escritório do Censo alertou que o índice de pobreza na cidade de Nova York cresceu de 14,2 por cento em 2008 a 15,8% em 2009, aumento que não se registrava em 19 anos. Estima-se que um da cada quatro hispanos não pode satisfazer suas necessidades básicas de alimentação, vestuário, moradia e saúde, enquanto mais de um de quatro meninos latinos vivem na penúria é o desemprego que empurra milhares de norte-americanos para a miséria absoluta.

Extraído de:correiodobrasil.com.br

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Os Sinais da volta de Jesus! Como será o Fim do Mundo?


Veracidade dos Sinais da volta de Jesus
Postado No novembro 12th, 2009 por admin em Como Será o Fim do Mundo?
Os sinais indicam que a vinda do Salvador está realmente próxima?

Certamente! Veja o que diz a Bíblia a respeito: “Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima.” Lucas 21:28.

Jesus falou que, ao sucederem os sinais que Ele profetizou, deveríamos exultar porque a nossa redenção se aproxima. Os sinais indicam que está muito, mas muito próximo de Jesus voltar.

Alguns acham que o Salvador não voltará em breve “porque guerras e terremotos sempre existiram”. Porém, ao verificarem-se os dados estatísticos, veremos que tal “conclusão” não é válida, pois na época de Jesus, tais sinais não aconteciam com a mesma intensidade que hoje. Veja:
Doenças, desastres, furacões, incêndios, maremotos, terremotos e tufões catastróficos[1]

Data Região Mortos Magnitude Comentários
1290 27/09 Chihli, China 100.000
1556 23/01 Shensi, China 800.000
1737 11/10 Calcutá, India 200.000
1755 01/11 Lisboa, Portugal 70.000
1783 04/02 Calábria, Itália 50.000
1797 04/02 Quito, Equador 40.000
1828 12/12 Echigo, Japão 30.000
1868 16/08 Equador/Colômbia 70.000
1906 18/04 São Francisco, USA 700 8,25 Incêndio em São Francisco
1908 28/12 Messina, Itália 120.000 7,5
1920 16/12 Kansu,China 180.000 8,5
1923 01/09 Kwanto, Japão 143.000 8,2 Incêndio em Tóquio
1932 26/12 Kansu, China 70.000 7,6
1939 31/05 Quetta, India 60.000 7,5
1960 29/02 Agadir, Marrocos 14.000 5,9 Matou 40% da população
1964 28/03 Alaska 131 8,6 Grande destruição
1968 31/08 Iran 11.600 7,4 Falha superficial
1971 09/02 San Fernando, Calif. 65 6,5 Prejuízos meio bilhão de dólares
1972 23/12 Manágua, Nicaragua 5.000 6,2 Praticamente destruiu a capital
1975 04/02 Haicheng, China 1.328 7,4 Foi predito
1976 04/02 Guatemala 22.000 7,9 O falhamento rompeu cerca de 200 Km
1976 27/07 Tangshan, China 650.000 7,6 Ocasionou o maior número de mortos neste século
1985 18/09 México 10.000 8,1 Sérios danos na cidade do México com cerca de US$3.5 bilhões de prejuízos
1989 17/10 Loma Prieta, Cal. 57 7,1 Prejuízos da ordem de US$ 6 bilhões
1994 17/01 Northridge, Cal. 62 6,7 Prejuízos da ordem de US$15 bilhões
1995 16/01 Kobe, Japão 5.500 6.8 Prejuízos da ordem de US$ 100 bilhões
2001 09/11 Nova Iorque, EUA 3.000 Atentado as Torres Gêmeas (World Trade Center)
2004 26/12 Indonésia, Ásia 250.000 Tsunami
2005 08 América e Europa O clima foi o responsável por tragédias. Em Portugal, imensas áreas foram devastadas por incêndios na seca de agosto. E enchentes mataram 30 pessoas na Áustria, Suiça e Romênia.
2005 08/27 Uttar Pradesh, Índia 800 Encefalite Japonesa ou Febre do Cérebro
2005 08/29 New Orleans, Luisiana, EUA 1036 Ventos de até 233 Km/h Katrina, o pior furacão dos EUA nos últimos 13 anos. – 50.000 casas danificadas. Causou um prejuízo de R$500 bilhões.
2005 09/29 Vietnã , Ásia 120 Tufão Damrey, destruiu ou danificou 10.400 casas e escolas vietnamitas, também devastou quase 120 km de diques construídos para proteger arrozais da água do mar, segundo o governo.
2005 09/23 New Orleans, Luisiana, Texas, EUA e Golfo do México 200 KM/h (classificação 5 na escala de furacões) Furacão Rita – deixou mais de 1 milhão de casas sem energia elétrica. Provocou incêndios em várias cidades.
2005 10/06 Guatemala 652 Furacão Stan – cerca de 20.000 pessoas tiveram que buscar abrigo em albergues.
2005

Jan-Out
Golfo do México Tem a segunda pior estação de furacões da história. Foram 19 tempestades até agora.
2005 10/08 Afeganistão, Paquistão (norte), Índia e até Bangaladesh. 53.000 7.6 Terremoto. Vilas inteiras soterradas por avalanches provocadas pelo terremoto. Nas cidades do norte do país, bairros desaparecidos.
2005 10/16 Tóquio, Japão 6.2 Terremoto
2005 10/18 México, Cuba e Flórida 4 Furacão Vilma

Na época de Jesus, não ocorriam terremotos e furacões com tanta frequência e nem com tal poder de destruição como nos tempos atuais (no ano de 2005 ocorreram 12 furacões e dezenas de terremotos). Isso é uma forte evidência de que Jesus está realmente voltando para nos buscar: “Então, se verá o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória.” Lucas 21:27.

As guerras também não ocorriam com a mesma força. Hoje, lemos sobre elas nos noticiários todos os dias. “Mais de 500 mil crianças, entre 7 e 18 anos, estão lutando atualmente em guerras em todo o mundo. A informação é da ONU.”[2]

A intensidade dos sinais nos leva à conclusão de que algo está para acontecer. Até mesmo um professor meu de filosofia, no curso de jornalismo, confessou: “Vejam bem, a religião não é o meu objeto de estudo, mas, que há coisas estranhas acontecendo neste mundo, há.” Como disse Jesus: “Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.” Mateus 24:44.

Cristo profetizou que também ocorreriam sinais astronômicos antes dEle voltar: “Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.” Mateus 24:29. Vejamos:


a) O Grande Terremoto

“Vi quando o Cordeiro abriu o sexto selo, e sobreveio grande terremoto. O sol se tornou negro como saco de crina, a lua toda, como sangue, as estrelas do céu caíram pela terra, como a figueira, quando abalada por vento forte, deixa cair os seus figos verdes.” Apocalipse 6:12-13.

Este terremoto ocorreu em 1o de novembro de 1755. Destruiu Lisboa e atingiu três continentes. Foi apontado pelo geólogo J. Nurse como o maior terremoto da História.

b) “O Dia Escuro” de 19 de maio de 1780

“Assim denominado em razão da extraordinária escuridão naquele dia – estendeu-se por toda a Nova Inglaterra (América do Norte). A escuridão começou cerca de 10h da manhã e continuou até a metade da noite seguinte, porém, com diferenças de graduação em diversos lugares. A verdadeira causa daquele extraordinário fenômeno não é conhecida.”[3]

Esse dia escuro não foi um eclipse. Isso é comprovado astronomicamente. Veja esse relato: “Que as trevas não foram causadas por um eclipse é manifesto pelas diferentes posições dos planetas de nosso sistema nessa ocasião; pois a lua estava a mais de cento e cinquenta graus do sol neste dia.”[4]

c) A Lua tornou-se como sangue

À noite, cientistas, meteorologistas e curiosos acompanhavam aquela singular escuridão e, de súbito, a Lua reapareceu no formato de um enorme “disco de sangue”. Cristo disse que seria assim e, dessa forma, aconteceu. O maior astrônomo da época, William Herschell, testemunha ocular desse fato, assim se manifestou: “O dia escuro da América do Norte foi um fenômeno maravilhoso da natureza, cujo relato será lido com interesse, e que nenhuma filosofia jamais saberá explicar.”[5]

d) Queda de estrelas

Este acontecimento foi apontado por Cristo como a referência astronômica que viria após o escurecimento do Sol e da perda da claridade natural da Lua (que se tornou em sangue). Disse Jesus em Mateus 24:29: “… as estrelas cairão do firmamento…”

Naturalmente, Cristo fazia referência às chamadas “estrelas cadentes”. Vamos ver um dos muitos testemunhos que existem sobre tal evento: “Provavelmente o mais notável chuveiro meteórico até hoje visto foi o de Leônidas na noite que seguiu a 12 de novembro de 1833 (13 de novembro). Algumas estações meteorológicas estimam em mais de 200.000 meteoros por hora, durante cerca de cinco ou seis horas.”[6]

Que impressionante! Até os astros nos dizem que Jesus está voltando!

Veja que dos sinais preditos por Jesus em Mateus 24, todos já se cumpriram; falta apenas um (que já está em andamento), que é a pregação do evangelho em todo o mundo.

Com relação ao Tsunami[7], nas palavras de Jesus, em Mateus 24 e Lucas 21, vemos implícita em Sua previsão o que aconteceu no dia 26 de dezembro de 2004. Deus conhece todas as coisas. Nada O surpreende. Há coisas estranhas que Ele permite e tolera; outras, envia como condenação.

O maremoto que se abateu sobre o sudeste asiático foi consequência de uma desordem ampla e profunda, ocorrida pelo nosso planeta. Veja o seguinte texto do livro Patriarcas e Profetas, págs. 108 e 109:

Nesse tempo [por ocasião do Dilúvio] imensas florestas foram sepultadas. Estas foram depois transformadas em carvão, formando as extensas camadas carboníferas que hoje existem, e também fornecendo grande quantidade de óleo. O carvão e o óleo frequentemente se acendem e queimam debaixo da superfície da Terra. Assim as rochas são aquecidas, queimada a pedra de cal, e derretido o minério de ferro. A ação da água sobre o cal aumenta a fúria do intenso calor, e determina os terremotos, vulcões e violentas erupções.

O mais surpreendente desse ocorrido na Ásia é que nenhum animal foi morto pelas ondas, pois todos eles se refugiaram em algum lugar seguro. Pena que os seres humanos não perceberam isso.

Não devemos ter uma visão caótica do fim do mundo, muito pelo contrário. A nossa visão é de uma intervenção divina nos assuntos humanos, quando Deus irá transformar nosso Planeta em seu estado original como era antes de o pecado fazer parte da nossa natureza. Não fomos criados para viver nesta condição na qual estamos; fomos feitos para a felicidade, santidade e eternidade. Devemos nos alegrar com o fato de que logo Jesus irá terminar com o mal e todas as consequências ruins.

Portanto, prepare-se para se encontrar com seu Senhor, pois logo Ele virá: “Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará.” Hebreus 10:37.
Extraído de http://voltadejesuseofimdomundo.blogspot.com

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Mosquitos transgênicos na Bahia! O mosquito criado em laboratório é nova arma contra a dengue.

Não quero ser pessimista, mais não sei se isso vai dar certo.
Insetos modificados produzem descendentes que morrem antes de se tornarem adultos em Juazeiro

por Denise Dalla Colletta

Em vez de pulverizar inseticida para matar os mosquitos transmissores da dengue– como é feito em muitos municípios – pesquisadores brasileiros estão soltando mais mosquitos no ambiente para conter a doença. Tratam-se de insetos geneticamente modificados. “São linhagens transgênicas desenvolvidas na Inglaterra. Os mosquitos recebem um gene que promove a morte de suas larvas antes de se tornarem adultas [e poderem transmitir a doença]”, diz Margareth Capurro, coordenadora do projeto e bióloga da USP.
Doze pontos da cidade de Juazeiro, na Bahia, receberam os mosquitos modificados. O estudo, iniciado em julho de 2010, está em sua terceira fase. “Primeiro, fizemos um levantamento para saber se havia mosquitos na região. A segunda fase foi a avaliação da dispersão dos transgênicos, saber se eles voam como os selvagens. Agora estamos vendo sua capacidade de cópula”, diz a pesquisadora. Na última fase, quantidades maiores se insetos serão soltos no ambiente. O estudo deve ser concluído até abril de 2012.

Cerca de 33 mil mosquitos transgênicos machos são soltos por semana na cidade. Os pesquisadores não trabalham com as fêmeas no ambiente porque são elas que transmitem a dengue. Eles esperam que os machos copulem e transmitam seus genes para os descendentes, que deverão morrer antes de atingirem a fase adulta. Aparentemente, o estudo teve bons resultados até agora. “Marcamos nossos mosquitos com proteína fluorescente e conseguimos coletar suas larvas transgênicas no ambiente”, diz Danilo Carvalho, coordenador do projeto em Juazeiro.

Para Margareth, o combate à dengue com os mosquitos transgênicos é uma opção vantajosa porque não são tóxicos como inseticidas, que agridem o ambiente e logo encontram resistência dos mosquitos. “Não elimina as técnicas usadas hoje, mas é bastante promissora”, diz.

A próxima fase da pesquisa irá colocar 10 vezes mais mosquitos transgênicos no ambiente do que selvagens. “Serão cerca de 100 mil mosquitos soltos por semana”, diz a pesquisadora. Depois de 7 dias, eles morrem. Os responsáveis pelo projeto, que conta com o apoio de entidades de pesquisa, vai buscar verba com o governo da Bahia para estender a ação para mais regiões do estado.

Um detalhe, caso você esteja se perguntando como o mosquito criado em laboratório não morre, se ele tem o gene que não deixa as larvas chegarem na fase adulta, o coordenador, Danilo Carvalho, explica: Esse gene tem letalidade condicional, em laboratório criamos mosquitos com um antibiótico que não deixa ele agir. Não temos essa alternativa na natureza.
Extrído de: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI239234-17770,00-MOSQUITOS+TRANSGENICOS+SAO+USADOS+PARA+CONTER+DENGUE+NA+BA
Na minha opinião, criar um enceto em laboratório para destruir o mosquito da dengue pode ter efeitos colaterais. Mais é esperar e torcer para que de certo.

terça-feira, 7 de junho de 2011

A Fome está matando! Governos não fazem nada! O mundo está cheio de gente faminta!


O mundo vive um grade dilema, alimentar 7 bilhões de pessoas. Será que vai ter alimento para todos? Um dos sinais que antecede a volta de Jesus, é justamente a fome em várias partes do mundo.
Veja matéria, Por Natasha Romanzoti
O que a mudança climática, uma população crescente e suprimentos de água cada vez mais escassos causam? Uma crescente escassez global de alimentos que fez com que o preço da comida dobrasse nos últimos anos.
Segundo os cientistas, como resultado, mais pessoas ao redor do planeta estão passando fome.
Nos Estados Unidos, por exemplo, mesmo que o preço dos alimentos tenha subido, a maioria das pessoas não compreende o alcance e a gravidade do problema. Um estudo de 2009 mostrou que os americanos desperdiçam cerca de 40% de seus alimentos. Os resíduos alimentícios por pessoa aumentaram 50% desde 1974.
No entanto, uma em cada sete pessoas vão para a cama com fome todas as noites. A fome mata mais pessoas do que a AIDS, a malária e a tuberculose juntas. O problema é pior nos países em desenvolvimento, mas tem implicações muito além das fronteiras dos países pobres.
Há anos os cientistas preveem que um planeta mais quente, juntamente com as demandas crescentes de água, pode provocar escassez de alimentos.
Um estudo de 2007 advertiu que a mudança climática pode ajudar a causar escassez de alimentos, levando à guerra. Outros cientistas previram que a escassez de água será o fator que desencadeará uma guerra.
A situação se tornou aguda em 2008, quando a escassez de alimentos estourou em revoltas em vários países pobres. A alta dos preços dos alimentos teve um papel na derrubada do governo haitiano nesse ano.
A segurança alimentar emergiu como um chavão político nas conversas sobre a estabilidade no mundo em desenvolvimento. Recentes subidas dos preços globais dos alimentos ameaçou criar uma crise alimentar nas nações onde pessoas mais pobres muitas vezes gastam três quartos de sua renda em comida.
Os pesquisadores dizem que somente através de um maior investimento na agricultura sustentável, uma área há muito tempo negligenciada, os países poderiam garantir tanto segurança alimentar quanto competitividade nos mercados internacionais.
Segundo cientistas, o crescimento da população mundial está ultrapassando a produção de alimentos, especialmente nas quatro plantações que fornecem a maior parte da alimentação mundial: trigo, arroz, milho e soja.
Como estudos têm mostrado anteriormente, hoje há pouca terra para converter em agricultura, o abastecimento de água está acabando, e o aquecimento global está causando estragos nas plantações e contribuindo para condições climáticas extremas que destroem culturas.
Eis o grave problema: a escassez de alimentos global urgente não está sendo acompanhada por esforços de investigação urgentes para melhorar essas perspectivas no futuro.
A população global, apenas 3 bilhões em 1959, está agora em 6,92 bilhões. Com 4,2 pessoas nascendo a cada segundo, a população está projetada para atingir 9 bilhões até 2044. A demanda de alimentos terá aumentado 70%.
E o que os governos estão fazendo para aumentar essa produção e suprir essa demanda? Nada.
Em: http://hypescience.com/fome-o-tsunami-silencioso-que-pode-devastar-o-mundo/
Fonte: http://www.livescience.com/14447-global-food-shortage-urgent-climate-global-warming.html?&utm_content=Google+Reader
A fome pode ser expressa de duas formas: aberta ou epidêmica; e oculta ou endêmica.

A fome aberta ocorre em períodos em que acontecem guerra em um determinado lugar, desastres ecológicos ou pragas que compromete drasticamente o fornecimento de alimentos, isso ocasiona a morte de milhares de pessoas.

Atualmente esse tipo de fome não tem ocorrido. Hoje existem vários organismos humanitários que fornecem alimentos às áreas afetadas por conflitos.

A fome oculta possui outra característica, é aquela no qual o indivíduo não ingere a quantidade mínima de calorias diárias, o resultado disso é a desnutrição ou subnutrição que assola 800 milhões de pessoas em todo mundo.

A subnutrição fragiliza a saúde, tornando a pessoa acessível a doenças. Houve uma diminuição relativa no mapa da fome, mas a realidade ainda é alarmante.

Observando esse panorama, nota-se que a fome ou subnutrição não é decorrente da produção insuficiente de alimentos, pelo contrário, ano após ano a produção tem aumentado o volume, e é fato que a produção de alimentos é mais do que suficiente para suprir as necessidades da população mundial.

Fonte: http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://www.brasilescola.com/upload/e/fome_001.jpg&imgrefurl=http://www.brasilescola.com/geografia/a-fome-no-mundo-atual

Sera que nimguem ve que estámos no limite? nimguem faz nada? o Planeta está insustentável.

domingo, 5 de junho de 2011

E. coli, "pipocando"do nada! dezenas de mortes! Europa poe a culpa nos pepinos da Espanha.


Surto mortal de E. coli atinge a Alemanha e ninguém sabe a causa

Um surto de uma doença causada pela bactéria Escherichia coli (E. coli) atacou a Alemanha, deixando cerca de 470 pacientes (a maioria no norte) com sintomas graves e potencialmente fatais, e matando 16 pessoas – 15 na Alemanha e uma na Suécia.
Pesquisadores alemães ainda estão tentando identificar a fonte do surto mortal, após pepinos espanhóis terem sido descartados por não possuírem a cepa letal.
Tal descoberta veio muito tarde para os agricultores, que foram obrigados a destruir toneladas de produtos hortícolas frescos colhidos no sul da Espanha. Os compradores do norte da Alemanha estão deixando de adquirir até mesmo produtos hortícolas cultivados localmente.
A Alemanha aconselhou as pessoas a não comerem legumes crus, especialmente no norte do país. Enquanto isso, o governo espanhol exigiu compensação para seus produtores afetados. O vice-primeiro-ministro da Espanha, Alfredo Perez Rubalcaba, até ameaçou tomar medidas legais.
Na Alemanha, 1.169 foram afetados por E. coli. Em muitos casos, a infecção gastrointestinal levou a síndrome hemolítico-urêmica (SBN), que causa problemas renais e é potencialmente fatal.
Hoje, a Alemanha confirmou 470 casos de SBN, quase 100 a mais que o número divulgado ontem. Cerca de metade dos pacientes sofreram distúrbios neurais 3 a 5 dias após adoecer, como ataques epilépticos e fala arrastada.
Autoridades alemãs dizem que suas investigações indicam que as pessoas provavelmente foram infectadas através da ingestão de pepinos, tomates e alfaces crus.
Na Suécia, 41 pessoas estão infectadas, 15 desenvolveram SBN. A Dinamarca tem 6 casos de SBN, a Holanda 3 e o Reino Unido 2. Poucas infecções também foram registradas na Áustria, Espanha e Suíça.[BBC]
O presidente da federação de exportação de produtos hortícolas e frutas da Espanha disse que a crise estava custando aos exportadores espanhóis 200 milhões de euros por semana. Questionado sobre quais países pararam de comprar produtos espanhóis, ele respondeu quase toda a Europa.
As autoridades de saúde de toda a Europa aconselharam os cidadãos a lavar frutas e vegetais, fazer o mesmo com todos os talheres e pratos, e lavar as mãos antes das refeições.
Autoridades alemãs inicialmente culparam os pepinos orgânicos espanhóis pelo surto, e a Espanha rejeitou a acusação e ficou bastante revoltada. Eles afirmam querer que a Alemanha forneça, sem qualquer atraso e distrações, as informações necessárias da sua investigação para que a União Europeia (UE) descubra o que está causando o surto de E.coli.
Não só a Espanha, mas a Holanda também espera compensação para seus produtores afetados.
FRANKFURT — Os cientistas seguiam intrigados e trabalhando neste sábado para tentar identificar o tipo fatal de bactéria E. coli que já contaminou milhares e matou 19 pessoas na Europa - 18 delas na Alemanha.
Os jornalistas alemães se transformaram em verdadeiros detetives, mas até agora nenhuma pista foi confirmada.
De acordo com os jornais, a bactéria teria causado a morte de uma 19ª pessoa em Brandeburgo, no noroeste do país. Mas a vítima, um homem de 50 anos, sofria com várias outras infecções que não permitem acusar diretamente a E. coli entero-hemorrágica.
Esta cepa fatal foi identificada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma forma rara da bactéria Escherichia coli (0104:H4). O tipo era conhecido, afirmou a OMS, mas esta foi a primeira vez que ela foi detectada em uma epidemia.
De acordo com a OMS, 12 países já registraram casos de contaminação pela bactéria, que provoca hemorragias no sistema digestivo e, nos casos mais graves, problemas renais (síndrome urêmica hemolítica). Todos os pacientes estariam relacionados de alguma forma à Alemanha.
No entanto, o vetor da contaminação - que afeta em particular as mulheres - ainda é um mistério.
Ainda que as hortaliças tenham sido prontamente acusadas de causarem a doença, esta hipótese ainda não foi confirmada.
De acordo com o laboratório europeu de referência para a E. coli, as análises não permitem verificar que alimentos provocaram as contaminações.
"O alarme disparado contra o consumo de verduras é injustificado, uma vez que as análises laboratoriais não confirmaram que hortaliças contaminadas causaram a epidemia", informou o laboratório em um comunicado na sexta-feira.
O laboratório, vinculado ao Instituto Superior da Saúde de Roma, desaconselhou o uso de antibióticos pra combater a doença, pois até agora os tratamentos não se mostraram eficazes para controlar o mal.
"Para esta infecção em particular não aconselhamos a terapia antibiótica. Ela inclusive pode ser contra-produtiva, causando um aumento da emissão de toxinas", justificou.
A única certeza por enquanto é que o foco da epidemia se encontra no norte da Alemanha, onde foram registradas as maiorias das mortes. Isto não significa, no entanto, que a bactéria seja originária desta região.

extraído de:http://hypescience.com/surto-mortal-de-e-coli-atinge-a-alemanha-e-ninguem-sabe-a-causa/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29
http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5iWKOnDKtBAOqUtAw3_EAZbdr8cpQ?docId=CNG.a056b32e9ff45d7521e4e3934e95c5af.51