quinta-feira, 26 de abril de 2012

Nuvens verdes? Um sinal do Apocalipse?


Gigantescas nuvens esverdeadas pairavam esta quinta-feira sobre Moscovo, o que originou várias especulações sobre se se trataria de uma explosão numa fábrica de químicos ou até mesmo um sinal do Apocalipse. Afinal, segundo as autoridades, as nuvens devem-se a grande concentrações de pólens. A capital russa ficou cobrada por um manto esverdeado, com as estradas, casas e carros coberas pela substância verde.



O Ministério das Situações de Emergência, contudo, assegurou que o estranho fenómeno se deve a quantidades invulgarmente elevadas de pólens libertados pelas árvores da cidade devido à súbita subida das temperaturas. Após um longo período de frio, as temperaturas na capital russa subiu para cerca de 20 graus centígrados desde a semana passada.

Extraído de: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=569936

domingo, 22 de abril de 2012

"Ó pai senhor olhai o meu povo sofrido da Periferia"!

Enviado por Jhors007 em 24/07/2007 Essa música é para aquelas pessoas que reclamam de barriga cheia !!! "show esse rap faz parte de nossas vidas!"lucasize89

 Ndee Naldinho - Povo da Periferia



"BRASIL PAÍS DE TANTOS E DE POUCOS! TANTOS QUE PODEM MUDAR MAIS MESMO ASSIM CONTINUAM A GANHAR MAIS E MAIS PRA SI MESMOS ENQUANTO OS 'POUCOS' HULMILDES BATALHAM APENAS PRA PODER TER O QUE TER COMER NO DIA A DIA ESSA MUSICA RETRATA MUITO BEM A REALIDADE DESSE NOSSO PAÍS SO QUEM VEM DA PERIFERIA(EU VIM) PODE ENTENDER A MENSAGEM QUE ESSA MUSICA PASSA! MUITOOO FODA A NOSSA REALIDADE E ESSE ANO E ANO DE ELEIÇAO POOVO' VAMOS VOTAR CONCIENTE OK!"
nandotdr

 Povo da periferia há muito tempo ta abandonado né irmão, enquanto o povo da classe alta ta enchendo o rabo de dinheiro o povo aqui tá no veneno, sem emprego, na fome a única saida que os irmao encontra, aqui na periferia é o mundo do crime os irmao sabe que o crime não compensa, mas é obrigado a viver no crime porque não tem outra saída né mano, então que Deus proteja os irmao que agora tão na correria que Deus proteja o povo da periferia Deus olhai o meu povo da periferia É tanta gente triste nessa cidade É tanta desigualdade desse outro lado da cidade Mas eu tenho fé, eu tenho fé eu acredito em Deus Olhai por esses filhos teus Senhor, Ó pai senhor olhai o meu povo sofrido daPeriferia Ah!
 Olhando pro meu povo vejo a tristeza Estampada em cada rosto que perdeu a beleza A vida é embaçada pra quem ta no veneno Uma mãe vendo os seus filhos com fome sofrendo Os mais ricos do mundo só fazem investimentos Diversão pra boyzinho, pra coisa ruim e armamento Quanto ao meu povo investimento é zero Dia a dia não é facil dia a dia não é beloVarios moleque na rua sem endereço drogado Mendigo gente sofredora tambem largado Se arrastando e com vontade de viver Muita gente dá de frente, finge que não vê De que adianta vida boa e ter tudo da hora Se o meu povo tá no veneno, ah meu deus e agora Eu peço ao senhor que de paz e alegria Cuida de noiz O povo da periferia Ah! O povo é mal cuidado ignorado esquecido Os ricos querem mais é ver meu povo fudido Exploram nossa vida roubam nosso dinheiro Eu vejo o povo no veneno entrando em desespero Irmão na ira, sem paz espiritual se armando Roubando se arriscando porque ta precisando Apanhando na vida passando fome que injustiça E quando roda toma coro todo dia da policia Que a cada dia o crime vai crescendo essa vida deixa o povo Revoltado e violentoA pobreza a miséria todo dia cresce Que porra é essa meu povo não merece Um dia quem só fode a gente vai se fuder Eles obrigam o meu povo a não ter paz para viver Que Deus proteja os irmao que agora tão na correria Que Deus proteja o povo da periferia Ó pai senhor olhai o meu povo sofrido da Periferia 
http://amoresnavida.blogspot.com.br/2008/11/povo-da-periferia-ndee-naldinho.html

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Católicos inovando? Ou "Missa Coco" é uma plofanação na igreja? É o Fim dos tempos?

Fim dos Tempos: Desrespeito ao Sagrado no Templo de DEUS – “Missa Coco (Vídeo)”
Amor Mariano: O site Amor Mariano está no ar a quase 1 ano, e nesse tempo estamos anunciando ao mundo juntamente com outros sites Católicos (sérios) que o Fim dos Tempos é hoje!! E uma das maiores provas disso é a apostasia que acontece em nossa Igreja, já predita pelos profetas do antigo testamento e também anunciadas pelos profetas atuais..
E o que vemos nessa caminhada é que a maioria das pessoas está completamente cega, surda e muda! Não querem ver essas atrocidades que acontecem em nossa Igreja, não querem ver que o mundo dá claros sinais de que Jesus está voltando, e ainda por cima atacam os que anunciam esse fato! O seu silêncio caro leitor é como se você consentisse com esse e outros fatos que aqui apresentamos como a aprovação do aborto e a liberação do casamento homossexual. Espero que todos possam estar lutando dentro de suas paróquias contra essas aberrações propostas pelo demônio, denunciem, não se calem! Deus Abençoe!
E o Carnaval continua…a mistura do Sagrado com o profano…
Realmente o desrespeito ao Sagrado tornou-se uma coisa normal em algumas paróquias.
Diz na Sagrada Escritura:
“Seus sacerdotes violam a minha lei, profanam o meu santuário, tratam indiferentemente o sagrado e o profano e não ensinam a distinguir o que é puro do que é impuro”. (Ez 22, 26)
O maior sinal que estamos vivendo o fim dos tempos se encontra na falta de respeito ao Sagrado, a substituição das coisas Sagradas de DEUS, pelas profanas do mundo. (dos homens)
Mais uma vez ficam as perguntas: (Quantas vezes ficarão tais perguntas?)
Quem defenderá a autêntica Fé Católica? E a Igreja? A salvação das almas? A tradição herdada dos santos doutores e santos papas? A unidade? A obediência à Santa Sé? Ao Papa?
O antigo e hipócrita silêncio do consentimento… ou seria da perda da Fé? Já não acreditam em mais nada, por isso aceitam tudo? Inclusive achando que aberrações são coisas normais? Estão perdidos… confusos… sem rumo… e a CNBB não vai dizer nada? E o Núncio apostólico, também não? E muitos ainda querem através de uma fingida indignação afirmar: “Que apostasia? Não existe apostasia!” Então é o que? Qual o adjetivo que usaremos para caracterizar esses desmandos, esse descalabro? Será que não existe mais no país um eclesiástico fiel à verdadeira Fé Católica (jubilado ou não) que abomine fatos como este que estamos divulgando, e encontre ainda no Vaticano alguém da confiança do Papa, para denunciar profanação como essa?
Veja o Video: (E ACREDITE SE QUISER)

Quem como “católico” achar normal a celebração (carnaval) abaixo na Casa de Deus, pegue também seu coco, ensaie a dancinha e peça uma vaga na próxima missa do coco, somente tenha cuidado quando forem cortar o coco.
Em Nova Iguaçu, RJ: Missa Coco.
Fonte: www.rainhadosapostolos.com
Extraído de:http://www.amormariano.com.br/igreja/fim-dos-tempos-desrespeito-ao-sagrado-no-templo-de-deus-missa-coco-video/

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Barulhos assustadores e inexplicáveis! O que será em?

(Fonte da imagem: ThinkStock)

Mistério: estrondos sem causa aparente assustam o mundo

Pessoas do mundo todo relatam barulhos assustadores e inexplicáveis, que soam como trovões. Porém, a causa desse fenômeno pode estar no interior da Terra.
Por Felipe Arruda 
Há relatos de estrondos misteriosos mesmo em lugares remotos da Carolina do Norte 




De repente, um grande estrondo quebra a calma do dia. A princípio, parece um trovão, mas o céu está limpo e azul como nunca. Essa é uma cena razoavelmente comum na Carolina do Norte, Estados Unidos, e poderia ser apenas um fato cotidiano e sem importância, não fosse a presença de muitos relatos semelhantes, provenientes de partes diferentes do mundo.
De acordo com o artigo “What’s that sound?”, publicado na revista New Scientist de 18 de fevereiro de 2012, há séculos esse tipo de fenômeno vem sendo testemunhado pelos seres humanos. Na região do lago Seneca, nos Estados Unidos, o evento misterioso ganhou o nome de Seneca guns; na cordilheiro dos Apeninos, na Itália, os barulhos são conhecidos como brontidi; e, no Japão, eles ganharam o apelido de yan. Já a Bélgica optou por uma expressão curiosa: mistpouffers, que em bom português quer dizer “arrotos do nevoeiro”.
Boa parte dos barulhos naturais que ouvimos possui uma explicação plausível, como tempestades ou o quebrar de ondas no mar. Porém, essas respostas parecem insuficientes para explicar os estrondos ouvidos na Carolina do Norte e em outros locais. Outra possível explicação seria a ação do ser humano sobre a Terra, mas o fenômeno também ocorre em locais afastados e longe de grandes centros.

Teorias demais, certezas de menos

Existem diversas ideias sobre a causa desses barulhos assombrosos. A primeira explicação que vem à mente de muitas pessoas são trovões, ou seja, rápidas expansões de ar causadas pelo aumento de calor e de pressão provocado pelos raios. Porém, a Carolina do Norte possui um clima calmo e as tempestades são raras.
Além disso, como reportado pela revista, o especialista em acústica da Universidade do Havaí, Milton Garces, afirma que o oceano também pode provocar barulhos muito curiosos por meio do impacto de uma onda com a superfície ou, então, pelo ar comprimido que pode ser expelido de dentro dela. Entretanto, esse tipo de evento também é percebido em locais afastados da costa.
Até mesmo meteoros já foram apontados como culpados (Fonte da imagem: Shutterstock)

Há também quem acredite que esses estrondos sejam causados por meteoros que sobrevivem à entrada na atmosfera terrestre. Como estão caindo à uma velocidade muito alta, é provável que produzam uma explosão sônica e que o rastro deixado por eles já tenha desaparecido quando o barulho chega aos ouvidos dos cidadãos locais. Mas, em entrevista para a New Scientist, o geofísico Michael Hedlin afirma que um evento como esse seria raro e, portanto, não condiz com as explosões ouvidas no período de alguns meses ou anos.
Outra possibilidade está na liberação e explosão de grandes quantidades de metano do fundo do mar. Porém, é muito pouco provável que esse gás seja liberado com a velocidade e quantidade ideal para que isso acontecesse. Alguns também culpam a presença de bases militares na região, mas a verdade é que os barulhos também são ouvidos a uma distância muito longe delas.
Eliminando todos esses suspeitos, ainda sobra um possível culpado por trás desse mistério: terremotos não detectados.

Quando a Terra resolve “falar”

Terremotos podem ser a causa dos barulhos inexplicáveis (Fonte da imagem: Shutterstock)
De acordo com a New Scientist, a região da Carolina do Norte possui uma rede muito deficiente de sismógrafos e, por isso, vários terremotos pequenos podem passar despercebidos. David Hill, cientista emérito da Unites States Geological Survey (USGS), acredita que não são necessários grandes sismos para que um ruído enorme seja ouvido.
Terremotos menores acontecem o tempo todo, mesmo longe das fronteiras de placas tectônicas e, apesar de serem quase indetectáveis pelos sismógrafos, juntos esses sismos poderiam causar um estrondo capaz de ressoar superfície afora. Entretanto, não é fácil confirmar, com exatidão, que essa é a causa dos “trovões” da Carolina do Norte.
Quem já passou por um terremoto sabe o quão barulhenta pode ser a situação. Afinal, quando a crosta terrestre treme, tudo o que está sobre ela também balança: carros, edifícios, casas, prateleiras, mesas etc. Sendo assim, fica difícil saber qual é o som de um terremoto sem que construções e objetos interfiram nele.
Uma pessoa que chegou muito perto de saber como soa um sismo é um dos colegas de Hill, Malcom Johnston. Em 2008, enquanto estava a uma profundidade de 3,6 km, em uma mina de ouro sul-africana, Johnston presenciou um terremoto de magnitude 2 que se originou a 20 metros de distância dele. De imediato, ele ouviu um som que se parecia com uma sequencia de trovões, mas que também possuía ruídos de alta frequência sobrepostos.
Na superfície, a sensação é diferente, pois apenas as ondas de uma frequência muito baixa chegam até nós e, normalmente, elas não são percebidas pelo ouvido humano. Já as ondas audíveis e de comprimentos menores, de 20 hertz a 20 kilohertz, acabam sendo absorvidas e dispersadas pelas pedras atravessadas ao longo do caminho.

Clima e solo também influenciam

Hill acredita que o barulho de terremoto pode ser ouvido na superfície sob determinadas condições. Um sismo não muito profundo, por exemplo, pode aumentar as chances de que o ruído chegue até os ouvidos das pessoas. Além disso, a constituição do solo colabora para barrar ou não o estrondo: rochas como o granito, por exemplo, não dispersam tanto as ondas de som.
Caso o barulho encontre uma fenda, ele chega ainda mais facilmente à superfície, já que pode viajar sem obstáculos. Como se não bastasse, o clima também exerce influência sobre a propagação da onda. Uma camada de ar quente na atmosfera, por exemplo, pode fazer com que o som alcance distâncias ainda mais longas.
Mesmo assim, há quem duvide dessa possibilidade. Jonathan Lees, geofísico da Universidade da Carolina do Norte, afirma que os instrumentos usados para detectar terremotos são sensíveis demais e acredita que esses barulhos sejam causados por outro tipo de fenômeno natural.
Seja lá qual for a causa desses misteriosos estrondos, o fato é que, muitas vezes, temos atribuído à atividade humana um fenômeno que pode estar sendo causado pelo próprio planeta. Vamos torcer para que esse barulho todo não seja um grito de socorro da Terra.

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/ciencia/22321-misterio-estrondos-sem-causa-aparente-assustam-o-mundo.htm#ixzz1savWuTvS

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Fim dos tempos? Salgados de carne humana, quer provar?

Em PE, suspeitos de mortes vendiam salgados de carne humana, diz polícia

Salgados, como empadas, também serviam de refeição para trio e criança.
Suspeitos confessaram que guardavam partes dos corpos na geladeira.

A Polícia Civil de Pernambuco confirmou que os três suspeitos de assassinar, esquartejar e enterrar duas mulheres, em Garanhuns, no Agreste do estado, disseram, em depoimento na quinta-feira (12), que usavam a carne humana para produzir salgados, como empadas. Os alimentos seriam vendidos para a população e também serviam como refeição para o próprio trio e para a criança de cinco anos que morava com eles.
Segundo informações da polícia, os suspeitos ainda confessaram que, após os assassinatos, guardavam parte dos corpos da vítima na geladeira. Os agentes, ao irem à casa do trio, não encontraram restos mortais no refrigerador. De acordo com o comissário da Delegacia de Garanhuns, Demócrito Oliveira, eles estavam numa fase de “entressafra”, já que planejavam assassinar outra mulher, na cidade de Lagoa do Carro, no Agreste pernambucano.

saiba mais em:
http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2012/04/em-pe-suspeitos-de-mortes-vendiam-salgados-de-carne-humana-diz-policia.html

Qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência!

Apocalipse: poluição e tráfego infernal (Foto: Reuters)

"Um país que vai do apocalipse ao carnaval."
Qual será?

“A vida em meu país transita do apocalipse ao carnaval — e às vezes mistura ambas as categorias”.
Quem disse isso foi um escritor.
Adivinhe de que país.
Antes, veja as duas fotos abaixo:
Apocalipse: multidões vivendo em favelas, em péssimas condições de infraestrutura (Foto: vburgos.lycee-bhertelot.org)
Carnaval: como sempre, pouca ou quase nenhuma roupa (Foto: Agência EFE)
Que escritor brasileiro disse a frase lá de cima?
Nenhum. A frase é do escritor mexicano Juan Villoro (foto abaixo). E sobre seu país.
O mexicano Juan Viloro: qualquer semelhança com o Brasil não é mera coincidência (Foto: Agência EFE)

Extraído de: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/um-pais-que-vai-do-apocalipse-ao-carnaval-qual-sera/

O filme Fim dos Tempos (The Happening) !


Fim dos Tempos (The Happening) - Filme


Sinopse
A história começa quando o professor de Ciências do ginásio de uma escola da Filadélfia, Elliot Moore (Mark Wahlberg), e outras pessoas passam a testemunhar comportamentos estranhos em seres humanos por todo o país, as pessoas, de repente, começam a se suicidar. Elliot então decide fugir através do estado da Pensilvânia com sua esposa Alma (Zooey Deschanel), seu amigo Julian (John Leguizamo), um professor de Matemática que tem uma filha, Jess (Ashlyn Sanchez), que também os acompanha na viagem. Durante a sua jornada, eles percebem que a doença é inevitável, e Elliot descobre a verdadeira origem das mortes.




Trailler

 


Muitas pessoas dizem que o filme é ruim, mas eu não acho sabe? Algumas até criticam antes de ver, e isso que não admito. Eu já assisti, e na minha opinião é muito bom. É um filme de suspense, sabe? Aquele suspense que parece que dá aqueles sustinhos de vez em quando, hahaha.

Elenco
Mark Wahlberg - Elliot Moore
Zooey Deschanel - Alma Moore
Ashlyn Sanchez - Jess
John Leguizamo - Julian
Spencer Breslin - Josh
Siim! O elenco é com Zooey Deschanel, aquela linda. Eu adoro essa atriz e todos os filmes que ela fez, e agora a minha irmã fanática está assistindo a série "New Girl" que ela recentemente está fazendo.

Eu realmente recomendo vocês a alugarem em uma locadora perto da sua casa esse filme, pois pra quem gosta de acontecimentos da natureza, suspense... Entre outros, eu recomendo esse filme, pois eu adorei! Enfim, espero que tenham gostado do post e do filme. Beijos e boa terça-feira!

O fim dos tempos? A maioria dos ministros votam a favor do aborto.

 

De dez ministros no julgamento, sete votaram – seis a favor e um contra.

Decisão só será definitiva ao final porque ministros ainda podem mudar voto.

Com o voto do ministro Ayres Britto nesta quinta (12), a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já se manifestou, mesmo antes do final do julgamento, favorável à permissão do aborto de feto sem cérebro.
Dos dez ministros que analisam o tema, seis votaram a favor da liberação e um contra – Dias Toffoli não participa do julgamento porque se declarou impedido, já que, quando era advogado-geral da União, se manifestou publicamente sobre o tema.
Embora com maioria, o resultado do julgamento ainda não é definitivo. Até o final da sessão, qualquer ministro pode decidir modificar o voto.
Britto – favorável à liberação – foi o primeiro ministro a votar nesta quinta, no segundo dia de julgamento da ação proposta em 2004 pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde.
Na quarta (11), votaram pela liberação do aborto de anencéfalos Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Joaquim Barbosa, Luiz Fux e Cármen Lúcia. Ricardo Lewandowski foi contra. Também votarão os ministros Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente do STF, ministro Cezar Peluso.
A ação da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde pede que o Supremo permita, em caso de anencefalia, que a mulher possa escolher interromper a gravidez. Por lei, o aborto é crime em todos os casos, exceto se houver estupro ou risco de morte da mãe.
O entendimento do STF valerá para todos os casos semelhantes, e os demais órgãos do Poder Público serão obrigados a respeitá-la.
Para o relator do caso, Marco Aurélio Mello, é inconstitucional a interpretação segundo a qual interromper a gravidez de feto anencéfalo é crime previsto em lei. Para ele, o termo aborto não é correto para casos de anencefalia, pois não há possibilidade de vida do feto nessas condições.
A maioria dos ministros entendeu que a decisão de interromper a gravidez do feto sem cérebro é direito da mulher, que não pode ser oprimida pela possibilidade de punição.
“Não é escolha fácil. Todas as opções são de dor. Exatamente, fundado na dignidade da vida, neste caso, acho que esta interrupção não é criminalizável. [...]O útero é o primeiro berço do ser humano. Quando o berço se transforma em um pequeno esquife a vida se entorta”, afirmou a ministra Cármen Lúcia.
“É tão justo admitir que a mulher aguarde nove meses para que de a luz ao feto anencefálico e também representa a justiça não se permitir que uma mulher que padece dessa tragédia de assistir durante nove meses a missa de sétimo dia do seu filho seja criminalizada e colocada no tribunal de júri como se fosse a praticante de um crime contra a vida”, afirmou o ministro Luiz Fux.
Alguns ministros ressaltaram que o Supremo não está discutindo a legalização do aborto de modo geral ou obrigando mulheres grávidas de fetos anencéfalos a interromper a gestação. A Corte discute se é crime interromper a gestação de um feto que, de acordo com a avaliação de especialistas, não tem chances de vida fora do útero.
“Faço questão de frisar que este Supremo Tribunal Federal não está decidindo permitir o aborto”, disse Cármen Lúcia.
“O Supremo, evidentemente, que respeita e vai consagrar aquelas mulheres que desejarem realizar o parto ainda que o feto seja anencefálico”, afirmou Luiz Fux.
Divergência
O ministro Ricardo Lewandowski, que abriu a divergência após cinco votos favoráveis à liberação do aborto, afirmou que o Supremo não pode interpretar a lei com a intenção de “inserir conteúdos”, sob pena de “usurpar” o poder do Legislativo, que atua na representação direta do povo.
“Uma decisão judicial isentando de sanção o aborto de fetos anencéfalos, ao arrepio da legislação existente, além de discutível do ponto de vista científico, abriria as portas para a interrupção de gestações de inúmeros embriões que sofrem ou viriam sofrer outras doenças genéticas ou adquiridas que de algum modo levariam ao encurtamento de sua vida intra ou extra-uterina”, disse Lewandowski.
fonte: http://g1.globo.com |  http://www.rainhadosapostolos.com
Extraído de: http://www.amormariano.com.br/?p=9174

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Abrigo contra o apocalipse?




   Divulgação

Abrigo contra apocalipse pode ser comprado por até US$ 2 milhões nos EUA


Construção subterrânea no Kansas terá 14 andares com acomodações luxuosas
Da Redação

Os maias previram que o mundo acabaria no fim de 2012. Mesmo que o fim não chegue, quatro compradores de um empreendimento imobiliário americano já estão preparados para o pior. O Survival Condo (algo como "condomínio da sobrevivência"), projeto em desenvolvimento no estado do Kansas, será resistente a diversos tipos de desastre, naturais ou não.

A construção subterrânea, feita em um antigo silo de armas nucleares da época da Guerra Fria, contará com 14 andares, sete deles habitáveis. O prédio será, segundo seu desenvolvedor, Larry Hall, à prova de guerras atômicas, erupções solares, ataques terroristas, pandemias e até mesmo colapsos econômicos. Cada andar poderá conter no máximo dois apartamentos. Para o maior, o preço é de US$ 2 millhões (R$ 3,6 milhões). Já quem dividir o andar deverá pagar a bagatela de US$ 1 milhão (R$ 1,8 milhão). Todo o pagamento deve ser feito à vista.


   Divulgação
A localização não é especificada e não são divulgadas as fotos reais, mas, pelo projeto, a estrutura será luxuosa. Os outros sete andares serão destinados a uma piscina, uma sala de cinema e uma biblioteca e, em caso de isolamento, há andares reservados para um centro médico e uma escola.

Para reforçar a segurança, as paredes do abrigo são feitas de concreto com 3 metros de espessura, a até 53 metros de profundidade. Complexos sistemas de sobrevivência proporcionarão fornecimento de energia a partir de fontes de energia convencional, assim como de energia eólica e geradores. Gigantes reservatórios de água subterrâneos reterão a água pré-filtrada com carvão e areia. E, claro, um elaborado sistema de segurança e pessoal irá manter hordas saqueadores fora do condomínio. Também haverá uma fazenda para criar peixes e cultivar vegetais, com autonomia para alimentar até 70 pessoas. A construção contará ainda com um estoque de produtos secos suficiente para alimentar os moradores por cinco anos.

Segundo Larry Hall, já foram vendidos quatro apartamentos e outros dois estão em processo de negociação. Ele prevê que, até agosto, um primeiro prédio esteja todo vendido. Entre os interessados estão jogadores de futebol, automobilistas e políticos, conta. Hall também já garantiu a sua vaga. Enquanto o apocalipse não chega, ele, a mulher e o filho usarão o imóvel como casa de veraneio. 
Extraído de:
http://revistapegn.globo.com/Revista/Common/0,,EMI301898-17180,00.html

Soldados estão combatendo narcotraficantes das Farc na Colômbia. Rambo voltou?



Rambo voltou?
Por Leandro Mazzini
Soldados norte-americanos que atuaram no Iraque ou Afeganistão já estariam combatendo narcotraficantes das Farc na Colômbia. A oferta é do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Os militares atuariam diretamente no front, não apenas como “consultores”, segundo o jornalista especialista relações internacionais, Marcelo Rech.




http://correiodobrasil.com.br

Sino caído na Praça mais um sinal do fim dos tempos e do apocalipse?



Em novembro de 2009 um sino surgiu misteriosamente caído na Praça da Sé no centro de São Paulo/SP. Matéria do portal G1 na época destacava que o sino não pertencia à catedral da Sé, como publicado em 24/11/2009: Sino cai de torre na Praça da Sé, no Centro de SP. A notícia explicava que o sino que caiu por volta das 13h30 daquele dia ficava na torre de um relógio na praça, mas não pertence à catedral e segundo a prefeitura, ninguém ficou ferido.

No site Olhar Direto, uma reportagem publicada em 25/11/2012 assinada pela Folha Online tenta explicar o ocorrido - Rompimento de estrutura provocou queda de sino na praça da Sé - justificando a queda com o rompimento da sustentação de madeira aparentemente por causa de chuvas ou vento forte. O sino do relógio, feito de latão, ficava a cerca de 12 metros de altura e pesava 400 kg, um objeto cujo acidente inusitado poderia ter causado uma tragédia.

De qq forma, a visão de um sino que voa e cai do céu, não deixa de ser assustador. Um símbolo das igrejas católicas, com som peculiar e marcante, originalmente usado para comunicar, avisar e alertar as pessoas das comunidades, sendo repentinamente jogado para o chão, vindo de um relógio de vidro preto, merece ser investigado detalhadamente pois pode ser entendido como mais um sinal do fim dos tempos e do apocalipse.



Extgraído de:http://sinais-do-fim-do-mundo.blogspot.com.br/2012/04/o-misterio-do-sino-que-caiu-na-praca-da.html

OVNIs e naves alienígenas, a NASA não consegue mais esconder?




OVNIs avistados do ônibus espacial da NASA são naves alienígenas?

O funcionário de controle de solo da NASA, em transmissão ao vivo para o público, diz que os astronautas estão apenas vendo “reflexões sobre a lente da câmera”, mas a tripulação do ônibus espacial Atlantis não parece tão convicta.
Um vídeo do YouTube parece mostrar três objetos se movendo lentamente em torno do Atlantis, que flutua em órbita durante uma missão de 2006.
A filmagem começa com um dos astronautas descrevendo ao controle o que estão vendo. O membro da tripulação, sem nome, diz:
“É uma estrutura que definitivamente não é rígida. Não se parece com nada que eu já vi do lado de fora do ônibus, isso é certo”.
Ele continua, dizendo como o objeto “moveu-se rapidamente para a frente da nave, afastando-se, pelo menos, 30 metros”.
Por alguns minutos, nada interessante acontece. Em seguida, a câmera olha para além da carga da nave e concentra-se em três esferas, que parecem estar flutuando em uma formação triangular nas proximidades.
O comentador de controle de solo imediatamente diz que elas são “reflexos na lente da câmera”, mas os membros da tripulação do ônibus não parecem aceitar a explicação, com uma confirmação de que eles estão vendo “três ou quatro dos objetos” e perguntando: “você pode confirmar que é apenas um que está se movendo?”. Assista o vídeo:
No entanto, o filme, apesar de ser misterioso, continua muito indistinto para se tirar quaisquer conclusões sobre se um ET realmente estava observando a missão do ônibus espacial ou não.
Muitos usuários do YouTube estudaram o vídeo e acreditam firmemente que a tripulação está olhando para lixo espacial.
Então, é improvável que os astronautas tenham estado perto de verdadeiras naves alienígenas. Mas ETs poderiam estar em torno Seul, recentemente?
Um misterioso objeto redondo branco foi filmado voando perto de um avião de passageiros acima da capital da Coreia do Sul, no dia 7 de abril. O clipe, que também foi colocado no YouTube, gerou controvérsias.
Quando o OVNi surge na tela, parece acelerar e pode ser ouvido fazendo algum tipo de barulho, como se estivesse tentando chamar a atenção de alguém.
O vídeo foi carregado pelo usuário “Crazybreakingnews”, que comentou: “Parece um pouco estranho, e não é semelhante aos outros vídeos. Se for realmente real e não uma farsa, parece uma espécie de robô militar”.
O usuário “Psued0Name” disse: “Quando estabilizado, é fácil ver o que está acontecendo com o vídeo. As bordas do OVNI não estão borradas, como todos os outros objetos de fundo, parece um efeito separado do fundo. Certamente falso”. [DailyMail]

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Sinais na natureza! Vulcões ativos geram medo?


Vulcões ativos geram medo, caos e belas imagens


Puyehue, Chile
Situado na Cordilheira dos Andes, sul do Chile, o vulcão Puyehue entrou em erupção em 4 de junho de 2011 depois de 50 anos de silêncio. Mais de 3.500 moradores foram forçados a sair de suas casas. De acordo com o Serviço Nacional de Geologia e Mineração, a coluna de fumaça atingiu 10 quilômetros de altura. Com o vento, a nuvem se dirigiu a Argentina, deixando cidades como Bariloche cobertas de cinzas. O Rio Grande do Sul também recebeu pequena quantidade delas.

MONTE ETNA, SICÍLIA, ITÁLIA
O vulcão Etna, localizado ao leste da Sicília, na Itália, é considerado o mais ativo do mundo. Só em 2011, ele entrou em erupção 18 vezes — e, até o fechamento desta edição, uma vez em 2012. Nesta foto, tirada na noite de 30 de julho do ano passado, ocorreu o habitual: a cratera mais “acordada”, a sudeste do vulcão, entrou no processo de emitir materiais magmáticos. A lava então escorreu por suas encostas na região desértica. Lado bom: não apresentou perigo à população.


MONTE BULUSAN, FILIPINAS 
A última grande erupção do vulcão Bulusan, na região leste das Filipinas, ocorreu em 20 de fevereiro de 2011. Sua coluna de cinzas e vapor atingiu 3 quilômetros de altura. Segundo o Instituto de Vulcanologia e Sismologia do país, a explosão se prolongou por 19 minutos, com direito a “som estrondoso” que pôde ser ouvido a “10 quilômetros de distância”. Hoje, o vulcão está em atividade baixa (nível 1 de alerta). Em 2010, porém, fez com que mais de 3.000 pessoas abandonassem suas casas.
MONTE BROMO, INDONÉSIA
Por crença religiosa, homens e mulheres escalam as crateras do vulcão Monte Bromo para realizar oferendas ao deus da montanha. Chamada de Yadya Kasadha, a cerimônia serve como uma busca por vida melhor. A foto é da última erupção, ocorrida em 28 de janeiro de 2011. Sua fumaça, de 5,5 quilômetros de altura, causou transtorno nos aeroportos da região.
GRÍMSVÖTN, ISLÂNDIA 
Em maio de 2011, após 7 anos, o vulcão islandês Grímsvötn teve nova erupção. E o resultado impressionou: a fumaça atingiu 11 quilômetros em menos de uma hora. Na época, regiões próximas passaram dias com céu enegrecido e foram achados detritos a 400 quilômetros de distância. Por ser um sistema lacustre-vulcânico, isto é, composto por um vulcão e vários lagos, suas explosões geraram fortes correntes de água.
TUNGARAHUA, EQUADOR 
A cidade equatoriana de Runtun, a 135 quilômetros da capital Quito, terminou 2011 com um festival de rochas e lavas incandescentes. O vulcão teve erupção no fim de novembro e, entre desativações e reativações, parou de expelir o magma no início de dezembro. Localizada numa das portas que se leva à Amazônia, a cidade sofreu com grandes explosões em 1999. Povoados locais tiveram que deixar suas casas e voltar só depois de um ano. Desta vez, isso não foi necessário. 

Fim do mundo em 21-12-2012 !?! "Friozinho na barriga"?


Fim do mundo

Rubem Penz*
Uma das maiores curiosidades nesta história de o mundo terminar em 2012 é o friozinho na barriga. Algo parecido com os instantes que antecedem o sorteio de um grande prêmio lotérico: as chances de dar tudo certo (ou, no caso da humanidade, tudo errado) são remotíssimas. Porém, lá estão os maias e mais outros profetas com seus trágicos bilhetes comprados. E bilhetes de profecias de caráter religiosas ou astronômicas sempre ganham a estatura de aposta alta. Mesmo no caso em que nada se tem a ganhar (e tudo a perder), ficamos com uma pulga atrás da orelha: um dia, alguém vai acertar. E se for agora?
O fato é que Nostradamus, astrônomos maias, celtas, hopis, egípcios e outros adivinhadores do destino da humanidade foram muito espertos: atiraram o fim dos tempos para bem longe (deles). Começa que, em muitos milhares de anos, 2012, 2092, 2112 ou 2812 se tornam aproximações plausíveis – errar por pouco é quase acertar. Por outro lado, ao marcar com precisão o dia, afirmando que o juízo final será em 21 de dezembro (nosso caso atual), tempera-se o palpite com verossimilhança imbatível. Ensinam os grandes mentirosos: capriche nos detalhes que tudo parecerá verdade! Burrice, burrice mesmo é dizer hoje que o mundo terminará amanhã – bastam 48 horas para você dever explicações.
Nas teorias conspiratórias que li em sites diversos, o que mais me instiga são os dados grandiloquentes: o que estaria por ocorrer agora, seja lá o que for, repete-se apenas de trinta em trinta milhões de anos, ou coisa assim. Vai ter uma visão macro assim lá na Cochinchina! Alinhamentos de planetas, explosões solares, corpos errantes, tudo concorrendo para o imponderável fenômeno que se repetirá em cataclismos.
A favor dos fatalistas está o caso dos dinossauros. Quem nos garante que, lá entre eles, não havia os maiassaurus pessimistae ou nostradamus estragaprazerorum avisando o fim dos tempos? Será que num futuro incerto (daqui a mais ou menos vinte e sete milhões de anos) um ser pensante de poucos centímetros encontrará meu esqueleto para fazer projeções de como seria esse nosso monstruoso reinando sobre a terra? Aí, espero que a computação gráfica me ajude para ficar com a cara do Brad Pitt…
Mas, entre prever o fim do mundo e prever que a previsão estará errada, ainda fico com a segunda opção. Primeiro, porque em meus parcos anos de vida já presenciei muitos enganos, sendo os mais espetaculares a recente virada do milênio e aquele período durante a passagem do cometa Halley – fenômeno astronômico mais mixuruca que já vi. Não que estivéssemos torcendo para que o cometa batesse em nosso solo, ou tirasse um fininho: só não precisava passar tão longe. Segundo, porque não adianta nada corroborar a tese do fim do mundo. Acertando, não se terá ninguém para compartilhar a vitória: “Viu, eu disse, viu, viu!”. Qual será a graça?
*Rubem Penz, porto-alegrense nascido em 1964, é escritor, publicitário, baterista, compositor e percussionista. Mantém o blog Rufar dos Tambores 
(http://www.rubempenz.com.br/index.html). www.rubempenz.com.br