sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Pra que ir pra escola se o mundo vai acabar? Profeta de THE? "profeta do fim do mundo" ?


Polícia investiga se "profeta do fim do mundo" impede crianças de estudar

Mais de 10 pais prestaram depoimento e confirmaram que os filhos não frequentam escola porque o mundo vai acabar.

Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) estão investigando o "profeta" Luiz Pereira dos Santos, 43 anos, e mais de 10 pessoas, que acreditam que o mundo vai acabar em 12 de outubro deste ano. Foi constatado que os pais que participam da religião mantém os filhos fora da escola. Ele nega as acusações.
 
De acordo com o chefe de investigação, Joattan Gonçalves, no local onde o "profeta" reside há dezenas de crianças que não frequentam a escola, o que configura o crime de abandono intelectual. "Os pais afirmam que não há necessidade de os filhos irem para o colégio porque o mundo vai acabar e eles devem se preparar espiritualmente para o fim dos tempos. O crime foi constatado porque todas as crianças estavam lá, mesmo sendo horário escolar", explicou o investigador.

Os fiéis desta religião moram em uma invasão no Parque Universitário, zona Leste de Teresina e somam 64 pessoas no total. Outros possíveis crimes como maus tratos a crianças, abandono material, indução à fuga de menores e sonegação de incapaz também estão sendo averiguados. 
 

"Isso tudo ainda vai ser analisado, abrimos uma investigação porque nos depoimentos, os fiéis contam que muitas mães largaram seus maridos e filhos para seguirem o profeta, homens largaram suas mulheres e menores de idade fugiram de casa e participam da religião sem o conhecimento dos pais. Recebemos também a denúncia de que alguns pais vão pegar de volta os filhos, mas as crianças não são entregues", disse Joattan.

Sem emprego

À polícia, os fiéis garantiram que não acreditam na continuidade do mundo após a data de 12 de outubro de 2012 e que para fazerem parte da religião do "profeta" tiveram que abrir mão de qualquer vínculo empregatício e sobrevivem apenas de serviços informais, popularmente chamados de "bicos". 

"Para eles, Deus vai 'arrebatá-los' a partir de 1° de outubro até o dia 12 e levá-los para um local onde eles ficarão aguardando o juízo final. Além disso, eles devem largar qualquer emprego porque se Deus ordenar uma missão, eles devem ir sem amarras a nenhuma outra pessoa, não podem se ocupar de outra coisa", acrescentou o chefe de investigação.


Das 64 pessoas que fazem parte desta religião, apenas oito trabalham, todos homens. A investigação policial poderá culminar no indiciamento do "profeta".

Como tudo começou

Luiz Pereira contou à polícia que há quatro anos recebeu a visita de um anjo de Deus, que lhe informou que o mundo iria acabar em 12 de outubro de 2012. Desde então, Luiz passou a "pregar" em várias cidades do Brasil, como São Paulo e Brasília. 

"Ele relatou que sofreu muitas represálias durante as pregações. Disse também que a religião dele não tem um nome, que ele apenas acredita em Deus e está acolhendo o povo que a sociedade excluiu, como pobres e drogados", destacou o investigador. 
Luiz Pereira ressaltou para a polícia que vem sofrendo várias ameaças dos traficantes da região e que já correu perigo de vida. 

Ao Cidadeverde.com, o "profeta" negou que esteja proibindo crianças e adolescentes de frequentarem a escola. Ele narra que abriga ex-drogados, ex-prostitutas e ex-criminosos que decidiram seguí-lo, além dos menores. "Entre essas pessoas existem crianças que eram esquecidas pela sociedade e por isso estão sem estudar. Mas não existe nenhuma orientação para que fiquem fora da escola", disse. 

Luiz Pereira afirmou não temer a polícia. Disse que Jesus Cristo também foi perseguido e apedrejado e está com a consciência tranquila para esclarecer tudo aos policiais. "O mundo vai ser invadido pela besta fera", completou. 
 
Quando se fala em 12 de outubro, o que vem à mente das pessoas é que é o Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira oficial do Brasil, ou Dia das crianças e ainda o Descobrimento da América. Mas a data tem outro significado para muitos dos moradores do Bairro Parque Universitário, zona Leste de Teresina. Para eles, é nesta data que o mundo terá fim.
Eles são seguidores de Luís Pereira da Silva, de 44 anos, um ex-zelador cearense que se autodenomina Profeta. Luís mora com mais sessenta e cinco pessoas entre crianças, adolescentes e adultos que acreditam no que ele prega e largaram tudo para segui-lo. Eles não são adeptos de nenhuma seita, já queimaram as bíblias e celulares e, a partir do dia 30, vão se enclausurar em uma arca (é como eles chamam um casarão que está sendo feito de alvenaria com 11 cômodos) e ficar esperando o momento de serem arrebatados. Ele diz que em cada continente há um escolhido e que ele é o do continente americano.
“Os que não se modificarem vão morrer às 4 da tarde. Eles serão possuídos por bestas e se matarão uns aos outros. Os que não aceitarem a palavra de Deus poderão se salvar, mas os que usam droga, álcool e os afeminados não serão perdoados”, explica Luís.
Mas o Profeta não é uma unanimidade na comunidade em que vive. Ele é acusado de charlatanismo e curandeirismo. Já foi preso por agredir uma mulher com deficiência mental e dizem que já cometeu adultério com mulheres da comunidade e até de abuso infantil. Ele confirmou que ordena as pessoas a largarem os empregos. São muitos os seguidores que já pediram demissão e hoje vivem de ‘fazer bico’. “Ninguém pode servir a dois senhores. Ou se serve a Deus ou ao homem”, justifica o Profeta.
Ele também diz que já fez cura e consegue livrar as pessoas do vício das drogas. A ex-viciada em crack Maria dos Remédios Gomes da Silva mora na ‘arca’ há 8 meses. Ela disse que foi onde ela conseguiu se livrar do vício. “Era usuária de crack, me prostituía para comprar a droga, já fui presa, mas hoje não faço mais nada disso. Consegui me livrar do vício e hoje sou outra pessoa. Moro aqui e já me casei aqui”, conta Remédios.
CELEBRA CASAMENTOS ATÉ ENTRE JOVENS
Celebrar casamentos é uma prática comum dentro da comunidade, Luís da Silva, mesmo é quem faz as celebrações e, conforme depoimento de uma ex-seguidora do Profeta que preferiu não se identificar, ele não tem preconceito com idade. "Eu presenciei uma cerimônia de casamento de um casal de adolescentes de 14 anos", conta.
Fonte:
http://180graus.com/geral/profeta-de-the-anuncia-o-fim-do-mundo-e-atrai-seguidores-561532.html

Quem ganhar em 7 de outubro não assume em janeiro, garante profeta

Profeta de THE anuncia o fim do mundo e atrai seguidores
Ele é acusado de charlatanismo e curandeirismo. Já foi preso por agredir uma mulher deficiente

 
 

 O original é "Profeta de THE anuncia o fim do mundo e atrai seguidores".
Fonte:

 

Nenhum comentário: