terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Cenário pós apocalíptico em refinarias caseiras de petróleo na Síria


No vilarejo de Msheirfeh, um jovem diz que era professor de escola. Hoje ele trabalha em refinarias caseiras de petróleo porque não há outro trabalho desde o início da guerra. Ele põe uma chaleira em cima da refinaria e diz, colocamos aqui para aquecer. Dentro do chá há doença porque a fumaça leva o petróleo para dentro dele, mas quando já estamos com o corpo coberto de petróleo, beber ou não um chá insalubre não faz diferença. No outro momento um jovem diz: "Deus sabe que não é pelo lucro, pois o dinheiro que ganhamos mal dá para comprar pão. Nos alimentamos de pão com grama. Isso é vida? Antes íamos à Damasco para trabalhar. Hoje não podemos sair daqui por causa dos mercenários armados (radicais islâmicos financiados pelos EUA e seus aliados na região)." Créditos ao canal Eduardo Medeiros
Veja o vídeo abaixo: 

Vida Bruta No Petróleo - Síria

Fonte: Leandra Haddad

Nenhum comentário: