segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Tempestade provoca mortes no Haiti e põe República Dominicana, Estados Unidos e Cuba em alerta


Tempestade «Isaac» abala Haiti com ventos fortes


Foto aérea tomada pela missão da ONU no Haiti mostra a cidade de Gonaives, alagada pela passagem da tempestade tropical Hanna em 2008.

Tempestade provoca seis mortes no Haiti e põe República Dominicana, Estados Unidos e Cuba em alerta

 Por Redação, com ABr - de Brasília

As autoridades do Haiti informaram que a tempestade tropical Isaac provocou seis mortes e danos em várias casas e nas zonas agrícolas. De acordo com a Proteção Civil do Haiti, 14.375 pessoas foram retiradas das suas casas.
A tempestade tropical Isaac segue em direção ao sul da Flórida, nos Estados Unidos. Um aviso de tempestade tropical está em vigor para a República Dominicana, o Haiti, as Bahamas, as Ilhas Turcos e Caicos e a costa leste da Flórida.
Segundo o Centro Nacional de Furacões (CNH), nas últimas horas os ventos máximos de Isaac se mantiveram em 95 quilômetros por hora (km/h), com algumas rajadas mais fortes, enquanto se desloca para o noroeste do mar do Caribe a 22 km/h.
Cuba também sofreu com a tempestade que chegou ao país, com ventos máximos de 95 km/h. As autoridades cubanas colocaram o país em alerta. No entanto, as preocupações da comunidade internacional se voltam para o Haiti, pois é o país mais pobre da região e até hoje não se reconstruiu do terremoto de 2010.

Nenhum comentário: