domingo, 30 de outubro de 2011

Extinção voluntária ou o controle da natalidade são soluções para a sustentabilidade do planeta?




Contrariando a ordem do



 



Criador.








(VHEMT) Movimento propõe 





a extinção humana  voluntária. 



“A proposta do grupo é menos apocalíptica do que seu nome pode fazer parecer”. O movimento não defende suicídios coletivos, ou um apocalipse voluntário, mas apenas promove a vida "sem reprodução", sem que sejam colocados novos seres humanos no mundo. A extinção ocorreria quando todos os humanos vivos hoje morressem naturalmente após uma "longa vida". 
Símbolo do Movimento da extinção voluntária, VHEMT
(Foto: Reprodução)


“Cada pessoa nova é um fardo para o 


planeta”



Les U. Knight lidera o Movimento da Extinção Humana 


Voluntária.Para ele, os 


seres humanos ameaçam a vida no planeta.



Daniel Buarque Do G1, em São Paulo

 

 

Sustentabilidade Global: O Planeta Terra grita por socorro, mas ainda existem saídas para evitar a autodestruição?




'Bônus bebê' e 'filho único' são 

exemplos de controle populacional

Na China, governo pune famílias que têm mais de um filho.
Austrália, França e Alemanha pagam para que casais tenham novos bebês.

 


Xiong Chao, criança chinesa que foi devolvida à avó
após ser retirada da família por agentes deplanejamento familiar do país(Foto: The New York Times)


Incentivos
Enquanto governos com população em crescimento tentam evitar o excesso de crianças, países já com economia desenvolvida enfrentam o problema de diminuição da taxa de fecundidade e envelhecimento da população. Para isso, os governos oferecem subsídios que incentivam os pais a terem mais filhos.

existem saídas? Creio que a única solução para o planeta é a intervenção direta do Criador.

Jesus vai  voltar, e implantar uma nova era de justiça social e uma Natureza totalmente diferente. Será quando, o paraíso perdido será novamente dado aos homens Essa é a bendita esperança para a humanidade e para a natureza que "chora" a "dor" de "parto"

Nenhum comentário: