quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Cometa Ison! Por enquanto, tudo bem!? "Fiquem ligados, mais novidades a qualquer momento!"

O cometa Ison já quase não pode ser visto da Terra por causa da sua proximidade com o Sol. Quem consegue observá-lo já o faz com a luz do Sol nascente, o que prejudica bastante tanto obter uma imagem, como avaliar seu brilho. Ao que tudo indica, ele parece estar ficando mais brilhante, já com magnitude em torno de 3,9.
O dia D do Ison será amanhã, quando ele estará no seu periélio, o ponto de máxima aproximação com o Sol. Ele deve passar muito próximo, pela região da coroa solar, e ninguém sabe dizer se ele sobrevive depois disso.
Até agora ele parece intacto, observações em rádio mostraram uma queda na emissão molecular, o que pode representar uma exaustação de alguns compostos voláteis. Em outras palavras, pode ser que, momentaneamente, a quantidade de gelo exposto tenha se reduzido.
Só que se ele se fragmentou, nós só ficaremos sabendo daqui a alguns dias, ou seja, ele parece inteiro, mas pode ser que não esteja…
De tão perto do Sol, o Ison já aparece nas imagens dos satélites que monitoram a atividade solar.Você viu aqui uma animação da passagem do Ison no campo de visada do Stereo-A, que também capturou imagens do cometa Encke.
Nessa animação do Soho, podemos ver o Ison entrando no seu campo de visada, logo depois de uma explosão solar (ocorrida ontem, 26). Essa outra imagem, estática, é a última do Soho, obtida às 10h42 desta manhã, pelo horário de Brasília.
Fiquem ligados, mais novidades a qualquer momento!
*Crédito da foto: ESA/Nasa 

Nenhum comentário: