sábado, 15 de junho de 2013

Fim dos tempos? Violência e maldade Esta aumentando? Mataram um bebe só porque chorava muito.


n/d
Bem Vindo ao Fim dos Tempos: Matamos o bebê porque ela estava chorando muito
 -Amazonas - Manaus - Menina de um ano e seis meses foi atingida com joelhada no abdômen.
Homem confessou crime; mãe é adolescente e será indiciada por acobertar
.
Uma menina de um ano e seis meses foi morta espancada, nesta sexta-feira (14), na casa onde morava no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. A mãe da criança e o companheiro foram detidos, à tarde, suspeitos do crime. Em entrevista ao G1, o padrasto confessou o crime e disse estar arrependido. "Fizemos porque ela estava chorando muito", justificou.
De acordo com o delegado de Homicídios e Sequestros, Antônio Rondon, após a agressão, a mãe e a tia da criança levaram a menina Emanuele de Souza Ribeiro até o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galileia, também na Zona Norte. A criança chegou a ser atendida, mas não resistiu aos ferimentos. A direção do hospital notou o excesso de hematomas no corpo da menina, incluindo marcas antigas, e acionou a polícia.
Segundo a polícia, o golpe fatal foi uma 'joelhada'. O impacto da pancada teria sido tão forte que derrubou a criança da rede onde estava. Em depoimento, o padrasto da criança, o carregador Denival Correa Brito, de 27 anos, confessou o crime. "Me arrependo muito. Fizemos porque ela estava chorando muito. Foi a primeira vez que agredi Emanuele", disse.
O cunhado de Denival, Luigi Nunes, de 31 anos, afirmou que era comum ver a menina ser agredida pela mãe. Indignado, ele contou ainda que a mãe tentou mentir sobre a causa da morte. "Nos ligaram falando que a Emanuele tinha morrido depois de cair da rede. Chegamos no IML [Instituto Médico Legal] e fomos informados sobre a agressão", relatou.
A mãe da menina, uma adolescente de 17 anos, também foi detida. Ela não se pronunciou a respeito da morte da filha. Além de Emanuele, a jovem tem outra filha, de cinco anos, que mora com o pai biológico.
A mãe vai ser indiciada por participação no homicídio, pois, segundo a polícia, tentou acobertar o crime. Denival Brito deverá responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e sem chance de defesa para a vítima. A pena para o padastro pode ser de 12 a 30 anos de prisão.
Fonte: G1
====================================
Nota de www.rainhamaria.com.br
Diz na Sagrada Escritura:  (quem tiver ouvidos ouça, eis a Profecia se cumprindo)
"Ouvi a palavra do Senhor, filhos de Israel! Porque o Senhor está em litígio com os habitantes da terra. Não há sinceridade nem bondade, nem conhecimento de Deus na terra. Juram falso, assassinam, roubam, cometem adultério, usam de violência e acumulam homicídio sobre homicídio. Por isso, a terra está de luto e todos os seus habitantes perecem; os animais selvagens, as aves do céu, e até mesmo os peixes do mar desaparecem." (Os 4, 1-3)
"Estarão divididos: o pai contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora, e a nora contra a sogra.
Dizia ainda ao povo: Quando vedes levantar-se uma nuvem no poente, logo dizeis: Aí vem chuva. E assim sucede. Quando vedes soprar o vento do sul, dizeis: Haverá calor. E assim acontece.
Hipócritas! Sabeis distinguir os aspectos do céu e da terra; como, pois, não sabeis reconhecer o tempo presente?" (Lc 12, 53-56)

Nenhum comentário: