sexta-feira, 21 de junho de 2013

Evangélicos De Todo Brasil Se Posicionam A Favor Das Manifestações


Líderes Evangélicos De Todo Brasil Se Posicionam A Favor Das Manifestações Pacíficas E Convocam À Oração

samuel-mizrahy-fe-em-Jesus.jpg
Líderes Evangélicos De Todo Brasil Se Posicionam A Favor Das Manifestações Pacíficas E Convocam À Oração

Diversos pastores e líderes de denominações e movimentos cristãos de todo país estão apoiando os protestos pacíficos que acontecem desde a última semana, motivados inicialmente pelo aumento da passagem do transporte coletivo. Além de mensagens de apoio, muitos convocaram os brasileiros a orar pelo atual momento que o país vive com protestos nas capitais em combate à corrupção e os gastos com os estádio para a Copa.
19/06/2013 10:20 por Redação

Entre as poucas personalidades da música gospel a opinarem sobre a situação, estão Ana Paula Valadão e Rodolfo Abrantes. “Nota 10 para os manifestantes pacíficos. Nota 0 para os criminosos infiltrados. Bandido não pode reclamar de bandido. #chegadeabuso”, postou Rodolfo em seu Twitter.

Ana Paula Valadão postou diversas letras de clamor pela nação brasileira, principalmente do álbum ‘Por Amor de Ti Ó Brasil’. “Por amor de ti, ó Brasil, Não me calarei nem me aquietarei (Isaías62) #VerásQueUmFilhoTeuNãoFogeÀLuta #OGiganteAcordou”, disse ela.

Lideranças do meio evangélico se pronunciaram através de seus perfis nas redes sociais. O apóstolo Rina, escreveu um texto sobre sua posição, que também foi incluído na página oficial da igreja Bola de Neve.

“Hoje todo brasileiro teve orgulho de ser brasileiro, comigo não foi diferente. (...) Um povo maravilhoso, cheio de fé, um povo trabalhador, que carrega o país nas costas, que lugar abençoado por Deus. (...) Sou brasileiro, com muito orgulho e muito amor, como a maioria, me emocionei com esse poder de reação do meu povo”, estava em um trecho do comunicado.

As declarações do deputado Marco Feliciano repercutiram na imprensa. “Como não há mais ‘Felicianos’ para ser cortina de fumaça ou boi de piranha, a mídia é obrigada a mostrar a real situação do Brasil”, postou em seu Twitter.

Curta-nos no Facebook

“Nós evangélicos fizemos primeiro, só que de maneira pacífica. Ninguém está falando mal da manifestação, mas da baderna. manifestação pacifica sim, baderna não”, disse Silas Malafaia.

“Mudar os votos, sair às ruas, tudo tem sua importância. Mas nós, cristãos, devemos (acima de tudo) nos lançar em oração pela nossa nação!”, disse o pastor Luciano Subirá.

“O gigante adormecido acordou, a última vez que ele acordou destituiu um Presidente. Mantenham o foco que estamos juntos”, escreveu no Facebook o pastor João Chinelato Filho.

O pastor Ariovaldo Carlos Jr defendeu que os cristãos participem dos protestos. “Vai na Marcha pra Jesus mas não participa dos Protestos junto com o povo clamando por justiça, segurança e saúde? Cristão Poser!”, disse ele.
Lucinho Barreto, pastor de jovens da Lagoinha, colocou o Brasil como motivo de oração desta terça-feira. “Motivo de oração dessa Terça: ore para que Deus desperte nosso país de vez e as manifestações sejam pacificas! #24hCantandoPraJesus”, convocando os jovens para a intercessão.
“As manifestações marcam o fim do Brasil como o País do Futebol e o início do País do Social! Até que em fim! Menos pra FiFa, mais pro Povo!”, complementou Barreto. “Líder de jovens do Brasil, nesse sábado convoque seus jovens para irem de branco e exatamente às 21h pare tudo e ore pelo Brasil #loucospeloBrasil”, também convocando as lideranças.
Nomes ligados a movimentos jovens como Teófilo Hayashi, líder do Dunamis, e Gustavo Paiva, líder do ministério Nova Geração, também se manifestaram. “É um novo tempo e quem tem olhos para ver está vendo! Talvez a coisa mais espiritual que você possa fazer é sair na rua e protestar pacificamente!”, escreveu Teófilo que ainda gravou um vídeo sobre os protestos.
“Sim sou a favor do povo sair à rua, de sua voz ser conhecida, afinal somos uma democracia, e se enganou quem pensava que o grito virtual das redes sociais não se materializaria. Agora eu como um cristão falo que nosso grito não seja só nas praças, mas com o silêncio dos nossos joelhos dobrados”, postou Paiva.
Samuel Mizrahy postou diversas fotos alusivas à bandeira do Brasil com versículos bíblicos e mensagens de clamor pela nação. “Definitivamente não é por 20 centavos! #oGiganteAcordou #mudaBrasil #vemprarua #naoépor20centavos".
Fonte: ChristianPost

Nenhum comentário: