segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Chove peixes no deserto da Austrália! "Desesperados, os australianos pensaram que se tratava do fim do mundo."


‘Chuva de peixes vivos’ assusta moradores de deserto na Austrália 
por Sandra de Andrade 

Fenômeno aconteceu duas vezes no norte do país, em 1974 e 2004. Meteorologistas responsabilizam tornado. Os moradores da cidade de Lajamanu, no Território do Norte, na Austrália, foram surpreendidos na semana passada com uma chuva de peixes vivos. Por volta das 18h30 da sexta-feira (26), os 650 residentes na região desértica de Lajamanu foram bombardeados por uma chuva de centenas de peixes em seus quintais, muitos ainda vivos. Desesperados, os australianos pensaram que se tratava do fim do mundo. “Achei que estivesse ficando maluca, que o mundo estava acabando”, afirmou Christine Balmer ao site “NT.com.uk”. Christine Balmer, que tirou as fotos dos peixes no chão e em um balde, teve que se beliscar quando “centenas e centenas” de pequenos peixes brancos caíram do céu. (Foto: Reprodução/Northern Territory) “Choveu peixe em Lajamanu na quinta e na sexta à noite”. “Eles caíram do céu por toda parte”. “Os moradores recolhiam do chão, em todos os lugares.” “Estes peixes estavam vivos quando bateram no chão”, disse Balmer, coordenadora de assistência aos idosos no Lajamanu Aged Care Centre. “Minha família achou que eu tinha perdido o juízo, quando disse a eles sobre o que aconteceu”. “Eu não perdi o juízo”, disse ela, reafirmando. “Obrigado Deus por não ter chovido crocodilos “. Lajamanu está na extremidade do deserto de Tanami, a centenas de quilômetros do Lago Argyle e Lago Elliott e ainda mais longe da cost Mesmo impressionados, moradores ainda pegaram alguns animais para comprovar o ocorrido. O polícia local registrou que o fenômeno também aconteceu no dia anterior. Meteorologistas apontam que a inusitada chuva foi efeito de um tornado, que arrastou os peixes dos lagos mais próximos da região. Periodicamente, aparecem notícias destes estranhos fenómenos. Os primeiros registos que se conhecem datam do primeiro século d.C. e são do naturalista e cronista romano Plínio, o Velho, que escreveu acerca de tempestades de sapos e peixes. Em 1861 caíram peixes em Singapura Em 1794, soldados franceses estacionados em Lalain, perto de Lille, reportaram sapos a cair do céu durante uma chuvada. Em Fevereiro de 1861, habitantes de Singapura viram chuva de peixes após um terremoto. Em 1873, a «Scientific American» noticiou que a cidade de Kansas, Missouri, ficou coberta com sapos que caíram durante uma tempestade. Mas do céu não caem só sapos e peixes. Em 1857, uma mulher do Kentucky disse que viu pedaços de carne a cair do céu. As investigações mostraram que a carne era de veado. Uma das chuvas mais curiosas aconteceu em 1940, na Rússia. Um tornado trouxe uma chuva de moedas do século XVI. Em 1969, bolas de golfe caíram em Punta Gorda, Florida. Em 1976, na localidade de San Luis Obispo, Califórnia, choveram melros e pombos durante dois dias.
http://www.genizahvirtual.com/2010/03/chove-peixe-vivo-no-deserto-da.html

 Postei está noticia, para que não venha deixar no esquecimento, é interessante o que acontece com a natureza. Se digo que Deus, para saciar a fome de seu povo, mandou um bando de cordonizes usando o mesmo método, certamente um ateu riria, caçoando da minha credulidade. E agora, que o que chove é peixe? Quem está rindo? (genizahvirtual)

Nenhum comentário: