terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Violências e Escândalos; São sinais do fim dos Tempos? Adolescente de 14 anos contrata 03 criminoso, para matar o próprio pai . Escândalo sexual, padre é acusado de desviar R$ 3,8 milhões para custear orgias. E escândalo e oportunismo: Caio Fábio versus Jimmy Swaggart. .

FIM DOS TEMPOS: Adolescente de 14 anos contrata 03 criminosos para matar o próprio pai

Na manhã deste último sábado (12) um comerciante foi assassinado dentro de sua padaria localizada na rua Joaquim Simoa no bairro Alto do Jequirí em Riacho das Almas (135 km de Recife) e o crime foi encomendado pelo próprio filho de apenas 14 anos. De acordo com a Polícia Militar, a vítima identificada como Carlos André Correia da Silva de 39 anos foi surpreendido e morto dentro do seu estabelecimento por 03 assassinos que segundo informações foi o próprio filho que contratou. Após o assassinato os três criminosos fugiram em uma Kombi pela PE-95 no sentido Caruaru e foram perseguidos pela PM que conseguiram interceptar o veículo já na zona rural de Caruaru. 

O comerciante foi morto a tiros dentro da padaria
Os marginais que foram identificados como José Valdênio de Souza, conhecido popularmente como “Dem” de 23 anos, Emerson Eduardo Pereira da Silva, vulgo “Guinga” de 20 anos e Senivaldo Cícero da Silva conhecido como “Seni” de 25 anos foram presos em flagrante. 
Ainda segundo a PM, todos os três indivíduos já possuíam passagens pela polícia e após serem presos negaram envolvimento no crime, porém dois deles foram reconhecidos pelas imagens da câmera de segurança do circuito interno do estabelecimento da vítima. O trio também foi apontado pelo adolescente que já foi apreendido como os indivíduos que ele contratou para matar o próprio pai. 
                                   
Segundo as investigações comandada pelo Delegado Dr. Altemar Mamede da Divisão Especial de Apuração de Homicídios (DEAH), o garoto de 14 anos vinha discutindo com o pai por que segundo ele, era obrigado a trabalhar na padaria e era constantemente era agredido pelo pai. 
                               
O garoto também tinha se envolvido com uma jovem que segundo ele, seu pai era contra o romance. Por esses motivos o garoto resolveu encomendar o crime e após ser apreendido confessou os detalhes. Ele informou aos policiais que pagaria ao “Guina” e ao “Seni” a quantia de R$ 1.500,00 e para o “Dem” que contratou a dupla para ajudá-lo pagaria o valor de R$ 500,00. Quando o menor foi apreendido portava R$ 3.800,00 e relatou que parte do dinheiro era para pagar os criminosos. Ele disse ainda que adquiriu o dinheiro furtando do caixa do estabelecimento do seu pai e que a padaria já foi assaltada duas vezes onde em um desses assaltos foi ele quem planejou. O delegado autuou todos por homicídio triplamente qualificado onde o adolescente foi encaminhado à Fundação de Atendimento Socioeducativo (FUNASE) de Caruaru e o trio foi levado à Cadeia Pública de Riacho das Almas.
Fonte:

  FEIRA 24 HORAS

Em novo escândalo sexual, padre é acusado de desviar R$ 3,8 milhões para custear orgias

Postado por 

 
Em novo escândalo sexual, padre é acusado de desviar R$ 3,8 milhões para custear orgias
Um novo escândalo sexual atingiu a Igreja Católica com a denúncia contra um padre, que teria desviado milhões das doações dos fiéis para orgias com um suposto namorado.
Peter Miqueli, 53 anos, é padre de uma paróquia em Nova York, e foi acusado pelos fiéis de desviar mais de US$ 1 milhão ao longo de 12 anos para custear as horas de diversão com o namorado. Pela cotação da última sexta-feira, 11 de dezembro, o valor superaria a casa de R$ 3,8 milhões.
O jornal NY Post divulgou o caso, apresentando informações colhidas do processo contra o padre, movido por fiéis de duas paróquias onde ele foi responsável, e revelou que cada relação sexual entre o padre e seu amante, Keith Crist, custava mil dólares.

Detalhes sórdidos do escândalo revelam que uma das fantasias sexuais do padre Miqueli era se fazer de “escravo sexual”, atender às exigências de chamar Crist de “mestre” e beber sua urina.
Parte do dinheiro desviado das doações teria sido utilizado para compra de drogas medicamentosas ilícitas e uma casa no estado de Nova Jersey no valor de US$ 264 mil, pouco mais de R$ 1 milhão.
A compra da casa teria sido feita com uma entrada de 50% do valor, em dinheiro. Lá, onde o padre vive com seu amante, os vizinhos relatam que a dupla sempre recebe a visita de outros homens para aventuras sexuais.
O advogado de acusação, Michael G. Dowd, afirmou que estava impressionado com o caso: “Como é possível que ele esteja agindo assim há tantos anos sem que a arquidiocese tenha feito algo? Alguém extremamente poderoso está protegendo ele”, disse, lançando suspeitas sobre a direção da Igreja Católica.
A revelação do caso levou os fiéis da atual paróquia do padre a fazerem uma campanha no Facebook exigindo seu afastamento, de acordo com informações da RedeTV!.

Um comentário:

Almir Sabino disse...

Caio Fábio pecou e não escondeu seu pecado. Todos temos pecado e pecamos todos os dias. Pedro pecou Davi pecou mas todos alcançaram o perdão do Senhor. Fico admirado esse site tá desencavando pecados por Deus já esquecidos e perdoados. Todos esses homens alcançaram o perdão de Deus inclusive Caio Fábio e Sweger. O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado. Vocês realmente não conhecem o amor de Deus e seu perdão. Se vocês não têm pecado atirem a primeira pedra!