sexta-feira, 20 de novembro de 2015

A agenda da "irmandade muçulmana" nos AUA, ascensão Islâmica Mundial, e a perseguição aos cristãos

'É SOBRENATURAL!' com Sid Roth: A AGENDA DA 'IRMANDADE MUÇULMANA' NOS EUA 

Por que os EUA estão em silêncio? Sid Roth viajou a Israel para entrevistar a repórter e pesquisadora judaico-messiânica Shira Sorko-Ram. Ela depreendeu sobre o plano radical islâmico para conquistar a América, e o por quê dos líderes e a mídia dos EUA estarem em silêncio. ________________________________________­________________________________________­_____________________________________ A agenda oculta do Islã para a América revelada! Direto de Israel, Shira Sorko-Ram documenta os últimos sete anos de políticas da Casa Branca que deram ao Islã uma posição e vantagem em conquistar a América do Norte internamente. Ela revela pelos nomes, os radicais muçulmanos no governo, e descobre o plano mestre oculto sendo implementado hoje em dia. Seus dois DVDs com quatro segmentos de ensino expondo a agenda islãmica radical. Análise profética de Shira do acordo nuclear proposto com o Irã. Agências de notícias da América estão em silêncio sobre a verdadeira ameaça para América de dentro. http://sidroth.org/store/products/sec... Shira Sorko-Ram é uma das fundadoras do 'Maoz Israel Ministérios', onde ministra com seu marido Ari para ajudar a trazer o despertar espiritual entre o povo de Israel. Erick Stakelbeck é um jornalista cristão corajoso que tem escrito para o 'Jerusalem Post' e o 'Wall Street Journal'. Ele é um dos maiores especialistas em terrorismo e freqüentemente relata na CNN e Fox News. ----------------------------------------­----------------------------------------­----------------------------------------­----------------------------------------­----------------------------------------­----------------- Embora os muçulmanos venerem Jesus como profeta, eles negam que Jesus é o Filho de Deus. Judeus e cristãos são, para os fundamentalistas muçulmanos, "porcos e cães", que devem, ou converterem-se ao Islã ou serem eliminados. As Profecias Bíblicas deixam isso bem claro, que o Anticristo terá como alvo os judeus e cristãos para os destruirem, assim como as profecias islâmicas afirmam que o Mahdi vai travar uma guerra contra judeus e cristãos. Aqueles que se opuserem à religião mundial do Anticristo serão executados. O estudioso muçulmano Imam Muhammad Baqir afirma claramente como o Mahdi vai estabelecer a sua religião mundial: "Deve haver derramamento de sangue e jihad para estabelecer o domínio do Imam Mahdi." E o aiatolá Ibrahim al Amini, do Centro de aprendizagem religiosa em Qom, concorda: "O Mahdi vai oferecer a religião do Islã para os judeus e cristãos; se eles aceitarem, eles serão poupados, caso contrário, eles serão mortos." “Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles; e Alá não encaminha os iníquos.” Alcorão, Surata 5, 5 "Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Messias? Este é o Inimigo de Cristo: aquele que rejeita tanto o Pai quanto o Filho." 1 João 2:22



Fonte: fconst42

O Crescimento do Islamismo no mundo





Olavo de Carvalho fala sobre a Ascensão Islâmica Mundial...





A Ocupação Islâmica (sharia) do Ocidente

Fim dos Tempos: O Princípios das dores
Desde domingo passado (24/08/14) eu tenho observado os acontecimentos na Síria e Iraque e estou muito admirado com todas as atrocidades que estão acontecendo. A perseguição aos cristãos é tamanha que cidades inteiras estão se desfazendo. Tudo isso me levou a perceber este texto de Marcos capítulo 13 e a meditar em muitas outras coisas. Esta é a primeira parte do Estudo 'Fim dos Tempos'. Em breve postarei as partes restantes.

Leitura: Marcos 13:3-23; Mateus 24:4-14; Daniel 12:10; Apocalipse 22:17.


"Porque se levantará nação contra nação, e reino, contra reino. Haverá terremotos em vários lugares e também fomes. Estas coisas são o princípio das dores" Marcos 13:8.


Introdução


Hoje falaremos sobre os tempos e as épocas da vinda do nosso Senhor Jesus Cristo, especificamente sobre o Princípio das Dores que é mencionado em Marcos 13. Sabemos que ninguém sabe o momento em que Jesus voltará (Marcos 13:32). Entretanto, a palavra nos ensina a vigiar para não sermos pegos de surpresa. O livro de Daniel também nos fala algo interessante: "Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão" Daniel 12:10.


Devemos buscar a sabedoria que vem do alto para poder entender o tempo em que vivemos, conforme cita Daniel. Ele profetizou não que os sábios saberiam o dia exato da volta de Cristo, mas que os sábios entenderiam. Eles entenderiam o tempo em que vivem, assim como o próprio Daniel compreendeu o tempo em que viveu e pôde servir ao Senhor de forma extremamente útil.

O princípio de dores

O princípio das dores é o momento da história que precede a grande tribulação. Ele é descrito no livro de Mateus e Marcos, nos capítulos 24 e 13, respectivamente. É importante conhecer bem o tempo que vivemos, neste sentido, estes dois capítulos são a chave para entendermos a relação entre a realidade e a completude da vontade de Deus e da sua obra nestes dias.

:: Ainda não é o fim

O primeiro momento deste período é mencionado no livro de Marcos e Mateus como: "[...] mas ainda não é o fim". Podemos identificar algumas características deste tempo. Veja abaixo:


"Vede que ninguém vos engane. Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e enganarão a muitos" Marcos 13:5-6.


A palavra retrata que muitos viriam em nome de Jesus dizendo ser eles próprios Jesus. Este é o primeiro sinal. Relativo a isto percebemos que muitas seitas e religiões estão sendo baseadas em pessoas que dizem ser o Cristo. Rapidamente podemos citar o brasileiro Inri Cristo e o costa riquenho José Luiz Miranda, que aliás já citamos neste blog. Ambos se auto intitulam a reincarnação de Jesus.


"Quando, porém, ouvirdes falar de guerras e rumores de guerras, não vos assusteis; é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim"Marcos 13:7.


Outra característica são as guerras e rumores de guerras. Para nós que vivemos nos anos 2000 já estudamos todas as grande guerras que houve no passado. E não se engane, elas fazem parte também desta profecia de Jesus.


Por causa da falta de sabedoria o povo de Deus não tem prestado muita atenção para os acontecimentos recentes da nossa história. Mas eles são fundamentais para entender a vontade de Deus. Se lermos um pouco da história perceberemos que o único motivo da restauração do estado de Israel foi a perseguição e o holocausto judeu (morte de milhões de Judeus nos campos de concentração). Este é um ponto importante, e veremos o porquê adiante.


"Haverá terremotos em vários lugares e também fomes" Marcos 13:8.

A última característica desta parte são os terremotos e as fomes. Seria muito clichê eu falar da fome na África, portanto vou focar nos terremotos.

Dos 10 maiores terremotos da história recente (desde o início do século XX), quatro foram registrados HÁ MENOS DE 10 ANOS!!!!!!! Inclusive o terremoto seguido por tsunami que matou 240 mil pessoas nos países do Oceano Índico em 2004.

Outro terremoto que merece a nossa atenção é o terremoto no Japão de 2011. Este terremoto, também seguido por tsunami, foi tão forte que dizem ter alterado o eixo da terra e até mesmo encurtado o dia terrestre!

:: A perseguição

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome"Mateus 24:9.

Tanto o texto de Marcos 13, quanto o de Mateus 24, citam que, após os acontecimentos mencionados acima, haveria grande perseguição aos cristãos. Não é especificado nos textos, mas a impressão que temos é que esta perseguição seria algo como a segunda parte do princípio das dores, quando estivermos ainda mais perto da volta de Jesus e da grande tribulação. Uma parte não finaliza a outra, são apenas acontecimentos que vão se desenrolando na história.

Sempre houve perseguição a cristãos em vários lugares do mundo, entretanto esta tendência foi aumentada em muito nos últimos dias na Síria e norte do Iraque. Para quem ainda não sabe sobre o que está ocorrendo nestes lugares, vai um breve resumo. Um grupo jihadista chamado ISIS (do inglês) ou EI (Estado Islâmico) tomou o controle da Síria e está assassinando cristãos que não negam sua fé (veja mais links no rodapé). Este grupo também está tomando o norte do Iraque, que é uma área dominada pelos Curdos e várias minorias, inclusive milhares de cristãos, e está realizando os mesmos atos de brutalidade e selvageria (veja os links abaixo).


Na religião islâmica é ensinado a lutar contra os 'descrentes', e em alguns lugares do alcorão até mesmo a assassinar aqueles que rejeitarem o Islã. Para escrever este texto eu pesquisei e li algumas coisas do Alcorão e tive certeza disso. Há passagens que citam expressamente para lutarem contra os cristãos e os judeus.


O mais interessante é o motivo da perseguição a cristãos e judeus. Até onde eu entendi é o seguinte. O islã é uma religião monoteísta e rechaça quaisquer religiões politeístas. Sendo assim nós estaríamos a salvo, correto? Errado! Eles entendem que o nosso Deus, por ser uma Trindade, não é apenas um, mas vários. Sendo assim eles consideram que nós, cristãos, somos politeístas.


Você pode achar que essa perseguição no Oriente Médio é apenas passageira, mas a verdade é que os muçulmanos estão tomando toda a Europa. Em visita à Alemanha em 2006 eu pude comprovar essa realidade. Saindo um pouco do centro das grandes cidades podemos ver burcas por todos os lados. A etnia das pessoas muda e o ambiente se altera drasticamente. Veja, no vídeo abaixo, como o Islamismo está crescendo no mundo. 
Todos estes fatos nos mostram que esta perseguição no Oriente Médio é apenas o inicio de uma longa perseguição contra nós cristãos. Não acredito que este tipo de perseguição chegue ao Brasil ou às Américas, visto que a quantidade de imigrantes aqui é muito menor do que na Europa. Por sua vez, a Europa está vencida pela fertilidade islâmica e dificilmente fugirá da influência e do domínio islâmico. Uma guerra vencida sem balas ou bombas.

:: A Pregação do Evangelho do Reino

"E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim" Mateus 24:14.

A parte final deste texto, acerca do Princípio das Dores, fala sobre a pregação do evangelho do Reino. Neste versículo lemos que o evangelho do Reino será pregado por todo mundo e, então, virá o fim.

A palavra grega para 'nações' aqui é "ethnos", o que significa que a palavra será pregada para testemunho a todas as etnias e nacionalidades antes do fim. Este é o único pré-requisito para chegarmos ao fim citado no texto.

:: O fim: o arrebatamento

Mas afinal, o que seria esse fim? Para entender devemos entender o versículo seguinte. O texto de Mateus continua tratando sobre a grande tribulação nos versículos seguintes, a partir do entendimento da abominação da desolação. Mas o que seria esta abominação? Veja o texto:

"Quando, pois, virdes o abominável da desolação de que falou o profeta Daniel, no lugar santo (quem lê entenda) então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes; quem estiver sobre o eirado não desça a tirar de casa alguma coisa; e quem estiver no campo não volte atrás para buscar a sua capa" Mateus 24:15-18.

A abominação da desolação é um acontecimento profetizado por Daniel, no Antigo Testamente (Daniel 9:27). É a menção do que fez o governador grego Antióquio Epifanes. Ele preparou um altar a Zeus sobre o altar dos holocaustos, no Templo de Jerusalém, e também sacrificou um porco neste altar. Este acontecimento ocorreu em 167 a.C., ou seja, Jesus estava profetizando que algo parecido aconteceria no futuro.

O problema com toda essa história é que o Templo de Jerusalém foi destruído no ano 70 d.C., e não foi reconstruído desde então. Em seu lugar foi construído, imagine o que? Uma mesquita islâmica! Esta mesquita é conhecida pelo nome de Domo da Rocha e é um dos lugares sagrados do Islã.

Entretanto, para a nossa surpresa, há um movimento judeu sionista que está se preparando há muito tempo para reconstruir o templo, que seria o Terceiro Templo de Jerusalém. Na verdade eles já possuem todos os utensílios descritos no Antigo Testamento e estão preparados para iniciar a construção. Este acontecimento (Abominação da desolação) apenas acontecerá quando o terceiro templo for construído e estiver funcionando normalmente, o que não está longe de acontecer.

Entendidos todos estes pontos, podemos prosseguir para o entendimento deste 'fim'. Estou certo que este 'fim' trata sobre o arrebatamento dos filhos de Deus. Jesus virá como ladrão de noite para buscar os que são seus. Muitos serão levados, mas a maioria dos cristãos serão deixados para a grande tribulação. A verdade é que a minoria dos cristãos será arrebatada antes da grande tribulação. A esmagadora maioria será deixada para passar pela grande tribulação.

Os textos de Mateus e Marcos também falam sobre a volta de Cristo. Mas não confunda, pois são duas coisas diferentes! O 'fim' remete ao arrebatamento (secreto) dos santos remidos por Cristo, os Eleitos de Deus. Mas a volta de Jesus está se referindo a volta magistral e pública de Jesus. A palavra retrata bem esta diferença, tanto nas cartas de Paulo, nos evangelhos e em Apocalipse. A volta de Jesus será como este relâmpago que sai do oriente e se mostra também no ocidente, pois todo olho verá e se lamentará. Entretanto, o fim é a volta secreta de Jesus, quando ele virá buscar aqueles que são chamados de Eleitos de Deus. O próximo estudo, sobre a Grande Tribulação, discorrerá com mais detalhes sobre essa diferença.

Conclusão

A cada dia que passa nos aproximamos mais da vinda do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Esta é uma frase clichê, se caso você não tivesse lido o texto acima, mas sei que agora ela faz bastante sentido. Todas estas provas e fatos estão nos noticiários, na internet e na televisão.

Aos irmãos em Cristo eu faço um grande apelo: achegue-se ao Senhor enquanto há tempo! Se santifique mais e mais; não busque conselhos no mundo ou com cristãos insensatos; ore mais; sirva mais; se dedique muito mais! Precisamos viver com a compreensão que vivemos às portas da volta de Cristo, pois de fato vivemos! Muitos cogitaram viver nesta época, mas somos nós que estamos vivendo.

O fim pode levar muitos anos para se cumprir, ou pode levar minutos, segundos. Ninguém sabe a hora, senão o Pai. Sabemos, entretanto, que estamos às portas. A perseguição aos cristãos é um grande sinal que deve nos alertar. Não podemos negligenciar este momento da história.

Que o Senhor te abençoe e que o Espírito Santo lhe revele e ensine todas as coisas.
Vem Senhor Jesus!

"O Espírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da vida"Apocalipse 22:17.

"Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo" Mateus 24:13.


Muçulmanos e a Perseguição Cristã (pelo Filósofo Olavo de Carvalho)


Acorda para o câncer do Islamismo, Brasil,,, O profeta islâmico MOHAMMAD, não veio para nada de útil em prol da humanidade, já declarou o Papa Ratzinger.... Muçulmano só é bonzinho no Brasil porque ainda é minoria, mas eles já estão se agigantando numericamente. Quando eles começarem a se tornar mais numerosos, os brasileiros vão sofrer como os europeus estão sofrendo hoje na Europa. Se esta moça tem direito a usar shador, nikab, hijab ou a parafernalha que ela quiser no Brasil, que é de Cultura cristã, por que as mulheres cristãs não têm o direito de não usarem esta porcaria em diversos países islâmicos como p.ex. o Irã? ... A Turquia é um país que se diz tolerante e laico. MENTIRA! Se uma turca se casa com um estrangeiro, eles não podem viver lá. Se um muçulmano turco se casa com uma estrangeira, eles podem viver lá porque o sobrenome dela vai ser turco e o filho vai sempre pertencer ao pai (quem não acreditar, que busque no you-tube o filme "NUNCA SEM MIHA FILHA", que é o retrato fiel da vida de uma americana que se casou com um iraniano... e na Turquia não é muito diferente disto).... . A Turquia está transformando a Catedral de Haya Sophia em mesquita, por projeto de lei do primeiro-ministro ERDOGAN. Na Turquia, a cédula de identidade (nüfüs) faz menção à sua religião (hristian/cristão ou müslüman/muçulmano ou yehudi/judeu). Se você não for muçulmano, você não pode galgar altos postos na Administração Pública e não pode dispor de diversos direitos somente aos turcos garantidos. Na Arábia Saudita, a conversão de um muçulmano a outra religião é crime previsto em lei e está proibida a construção de templos não-muçulmanos lá. Finalmente, a liderança do PT no Brasil está ganhando milhões e milhões de dólares para liberar a entrada de terroristas islâmicos no Brasil. Vocês não acreditam? Então, deem um pulo ao sul do Rio Grande do Sul e a Foz do Iguaçu. O Irã também está invadindo as favelas em São Paulo e Recife, para arregimentar gente pobre como terrorista da causa islâmica, que eles estão levando para formarem em Qom, no Irã.
Fonte:Muszlim Egerek
ACORDA BRASIL PARA O CÂNCER DO ISLAMISMO OU UM DIA VOCÊS VÃO PAGAR CARO DEMAIS, POIS SERÁ TARDE!


Crédito ao Blog: Compartilhando Cristo
Links
Textos sobre a violência do Alcorão (inglês): http://www.thereligionofpeace.com/quran/023-violence.htm
Alcorão (português): http://www.islam.com.br/alcorao.html
O Terceiro Templo (inglês): https://www.templeinstitute.org/
Links sobre a perseguição do IE (CUIDADO! Imagens fortes):
http://www.military.com/video/operations-and-strategy/battles/syrian-rebels-behead-
christians/2525038454001/



Nenhum comentário: